Doce Vampiro
BEM VINDO!!!!

Registre-se, ou faça seu login, e divirta-se conosco!!!
Doce Vampiro

Quando o leão se apaixona pelo cordeiro...
 
InícioInício  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Rising Sun(Sol Nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 21:15 por janaisantos

» NightFall Continuação da Fic Rising Son (Sol nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 20:23 por janaisantos

» Cullen Favorito (fora o Ed)
Seg 20 Maio 2013, 02:10 por Claudia Coleridge

» Se você pudesse viver para sempre, pelo que valeria a pena morrer ?
Sex 26 Abr 2013, 07:51 por saracullen

» New Night .... trilhando novos caminhos
Sex 26 Abr 2013, 07:29 por saracullen

» Nova por aqui!
Ter 19 Mar 2013, 21:42 por Vitoria Lazar

» Recém Chegada
Ter 19 Mar 2013, 21:38 por Vitoria Lazar

» Parede de sangue
Ter 08 Jan 2013, 08:44 por Marina cullen

» O Vampiro que descobriu o Brasil
Qua 21 Nov 2012, 18:32 por Ivinny Viana Barbosa

» Vampirismo
Ter 20 Nov 2012, 19:18 por Gaby D. Black

» O que você faria...?
Ter 20 Nov 2012, 18:54 por Gaby D. Black

» [Fic] Sol da meia-noite
Qui 15 Nov 2012, 09:34 por Gaby D. Black

» Qual foi sua cena preferida em Amanhecer ??
Qui 05 Jul 2012, 14:09 por G@by Swan

» Primeiras imagens de Amanhecer - Parte 2
Qui 05 Jul 2012, 13:45 por G@by Swan

» The Emotionless Shadow | Tudo Tem Um Preço
Dom 27 Maio 2012, 18:00 por gisamachado

» FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia
Dom 27 Maio 2012, 15:48 por Tânia

» Solstice, the sequence of Blizzard | Por mais escura que tenha sido á noite, o sol sempre vem pela manhã.
Dom 27 Maio 2012, 14:46 por Yasmim L

» As mudanças do cabelo de Edward
Qua 23 Maio 2012, 22:09 por celina62

» O que você mudaria no Rob?
Sab 14 Abr 2012, 20:48 por Marina cullen

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum Irmão

Compartilhe | 
 

 [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Dom 03 Maio 2009, 14:23

Oooi gentee. sou nova aqui no forum, to escrevendo uma fic a um tempo, to postando ela no twilight fics. e resolvi postar aqui tb Very Happy espero que gostem.

___________________________________________________________________

01.

O céu estava limpo e escuro, e uma brisa suave agitava o ar. Eu podia ouvir o barulho do riacho correndo ao longe, levantei da cama e fui procurar por Edward, cheguei à porta do quarto da Renesmee e vi Edward parado ao lado do berço olhando para o nosso precioso tesouro. Fiquei parada imaginando como seria minha vida de hoje em diante, agora que tudo estava bem, agora que não precisava me preocupar com vampiros tentando machucar quem eu amo, agora que tinha uma nova vida, uma vida que vai durar para sempre, onde passaria todos os segundos do dia ao lado dele, meu marido, ainda era estranho pensar em Edward como meu marido, eu simplesmente não conseguia conciliar um conceito estável, respeitável, e chato de marido com o meu conceito de Edward. O meu Edward agora, agora e para sempre, sorrir ao pensar nesse para sempre.
“O que foi?!" Edward, tinha levantado e estava agora ao meu lado segurando minha mão e sorrindo para mim, com mais um daqueles seus sorrisos irresistíveis. Sua pergunta me tirou de um vendaval de fantasias delirantes. Eu fiquei olhando para ele ainda rindo, ele se aproximou e sussurrou "O que você esta pensando?". Eu segurei seu rosto com as minhas duas mãos, como tinha feito na noite anterior, ele ficou calado me olhando e depois sorriu. "Acabou, agora tudo ficara bem." ele disse me apertando contra seu peito, eu passei meus braços ao redor dele e beijei seu pescoço.
O céu começou a clarear apesar de não aparecer o sol, o que não era novidade em Forks, eu já estava acostumada e tinha aprendido a gostar, o ar estava fresco e doce, o vento forte entrava pela janela aberta.
“O que você quer fazer hoje? Algum plano?" Ele me perguntou baixo, quase um sussurro.
“Mais ou Menos... depende de Alice...preciso falar com ela.."
“Compras?" ele riu baixinho
“Sim, Renesmee espichou" Eu falei rindo.
“Mamãe? Papai?" Uma voz graciosa chamou a atenção. Caminhamos até o berço e lá estava ela, sentada sorrindo para nós. Eu me inclinei e a peguei no colo.
“Bom dia, Nessie" Edward falou e deu um beijo na testa dela então foi ao closet para vestir uma camisa enquanto eu iria vestir Renesmee para irmos à casa dos Cullens.
Antes de chegarmos na frente da casa vimos Alice vindo em nossa direção, Edward começou a rir, eu já imaginava do que se tratava.
“Claro que sim, Bella. Obrigada por me chamar" Ela falou me abraçando.
“Não dá pra fazer compras sem você” Respondi rindo, com Alice era muito mais divertido.
“Hey Nessie! Hey Ed!” Ela falou para os dois. Renesmee sorriu para ela e Edward respondeu.
“Senti sua falta, tão bom que você está de volta"
“Também senti, não se preocupe não vou mais a lugar nenhum" Ela me falou passando o braço ao redor de mim, e de Nessie que estava no meu colo, e nos abraçou.
“Então, vamos?" Ela perguntou animada.
“Agora??"
“Mais tarde se você quiser..."
“Mais tarde é melhor... Port Angeles?" Perguntei.
“Como você pensa pequeno, Bella." Alice respondeu com uma cara frustrada.
“Você quer escolher aonde vamos, então?"
“Já que insiste..." Ela sorriu, não gostei muito do seu sorriso, via que ela já estava aprontando alguma coisa.
Quando entramos em casa, Emmett e Jasper estavam vendo um filme na TV, não prestei atenção para saber que filme era só conseguir saber que tinha muitos tiros. Esme e Rose levantaram, do sofá e vieram em nossa direção, Esme me abraçou, deu um beijo em Renesmee e abraçou Edward. Edward perguntou por Carlisle, Esme disse que houve um problema no hospital e o chamaram , mas amanhã ele tiraria o dia de folga. Rose estava atrás de Esme nos observando timidamente. Edward se juntou a Emmett e Jasper, Alice correu para as escadas e desapareceu , segui Esme e Rose à sala. Enquanto caminhávamos Renesmee se jogou para os braços de Rosalie, que olhou para mim para ver minha reação, eu sorri para ela e entreguei Nessie. Ela a pegou no colo e sorriu para Renesmee que lhe retribuiu um enorme sorriso. Rosalie sentou com ela no chão, em um canto da sala onde tinha muitos brinquedos espalhados, onde Renesmee costumava brincar e começou a ler um livro de contos que Jacob tinha dado à ela. Fiquei observando as duas, estava feliz por Renesmee gostar de Rose, porque ela me ajudou na gravidez e sei que ela está realizando um sonho ,que foi roubado, quando ela está com Renesmee. O melhor de tudo é que ela não me odeia mais, o que é bom, muito bom. Gosto de pensar nisso como uma chance de criar uma amizade com ela, sempre quis me aproximar dela, mas isso era impossível antes, agora talvez seja possível. Só em ela não me odiar mais já é algo. Confirmei para mim mesma.
“Então vocês vão fazer compras?" Esme perguntou deixando um livro que lia de lado e olhando para mim. Com a pergunta Renesmee olhou para mim também fazendo Rosalie parar e esperar pela resposta.
“Sim, com Renesmee" Respondi. Como será que Esme sabia? Pensei comigo mesma. Provavelmente Alice teria dito antes de chegarmos.
“Eu vou, mamãe?” Renesmee perguntou com uma expressão surpresa por ouvir seu nome.
“Sim" Respondi me aproximando dela no chão. “Tia Alice vai conosco para ajudar." Falei quando já estava ao lado dela. Ela sorriu e virou para Rosalie.
“Você também vai, Tia Rose?" Ela perguntou
“Nã..."
“Vamos?" Eu não a deixei terminar de responder e a convidei, ela se surpreendeu com o convite, olhou para mim e depois para Renesmee que estava com ansiosa esperando pela sua resposta.
“Está bem" Ela respondeu sorrindo para Renesmee que ficou toda feliz e levantando foi andando, ou melhor, saltitando, até Edward.Ele estava sentado no chão, ela se aproximou e ele a pegou em seus braços e a colocou em seu colo, ela segurou com suas mãozinhas o rosto dele, ele sorriu e falou:
“Vai ser bem divertido, hein?" Ele falou escondendo uma risada, talvez estivesse imaginando a cena, Eu, Rosalie, Alice e Renesmee fazendo compras, isso era estranho de certa forma, nunca tinha imaginado que isso iria acontecer, mas que seria bom, eu acho.
"Não se preocupe, eu não vou estar só. Esme, Emmett, Jasper e Carlisle vão estar aqui." Ele respondeu a ela que ficou pensativa e arregalou os olhos como se tivesse levado um susto.Ela apertou seus dedos contra o rosto de Edward.
“Ele está na casa dele." Ele disse calmamente. Jacob! Eu pensei, ele havia voltado para La Push para resolver as coisas por lá, ele também estava muito cansado, tinha dormido pouco esses dias. Renesmee pareceu confusa e Edward explicou:
“Ele está muito cansando, precisava dormir" Edward explicou.
“Sim, às vezes ele dorme aqui, mas dessa vez ele teve que ir para lá.” ele respondeu mais uma de suas perguntas não ditas.
“Não se preocupe, ele vai estar aqui quando você volta" Edward falou num tom de promessa, Renesmee pareceu ter aceitado o fato de que não veria ele agora, ela tirou as mãos do rosto dele e repousou a cabeça em seu ombro. Eu levantei de onde estava e fui até eles, sentei no chão ao lado de Edward, que passou o braço pela minha cintura e me apertou contra ele. Renesmee levantou sua mão e segurou meu rosto, mas não mostrou nada. Jazz e Em ainda estavam vendo o filme, Edward estava sentado ao lado do sofá, mas não estava prestando atenção na TV. Ele olhou para mim e eu o encarei, ele sorriu meu sorriso favorito, eu encostei minha cabeça em seu ombro
“Aconteceu alguma coisa?". Ele olhou para Renesmee que estava olhando atentamente para nós dois.
“Não, está tudo bem." eu respondi. Beijei-o na testa, ele me puxou com rapidez que só percebi o que ele tinha feito quando senti seus lábios nos meus.
“Te amo” ele sussurrou quando nos separamos
“Também te amo” Eu respondi .Dei um beijo na bochecha alva de Renesmee levantei e fui em direção às escadas, ver o que Alice estava aprontando.
Ela havia passado grande parte da manhã toda lá em cima. Estava na frente do quarto de Alice, eu levantei minha mão para bater na porta, mas não foi preciso.
“Pode entrar Bella.” Ouvi sua voz calma e feliz do outro lado da porta. Então abri a porta e entrei. Ela estava deitada na cama lendo um livro e com o telefone ao seu lado. Na hora que ela me viu ela rapidamente escondeu o livro no criado mudo ao lado da cama, mas eu pude ler a capa.
“Nova Iorque??” Eu perguntei sem acreditar, ela queria fazer compras em Nova Iorque? Não tinha um lugar mais perto? Pensei.
“Nós não vamos fazer compras em Nova Iorque, não se preocupe. Não tinha vôo disponível” ela respondeu enquanto sentava e me puxava para sentar ao seu lado. Ela passou os braços por mim me abraçando, eu encostei minha cabeça em seu ombro.
“O que houve Bella?” Não vai ser tão ruim assim, se você quiser podemos ir para Port Angeles...”
“Não é isso...”
“O que foi então?”
“Alice.” Eu disse olhando para o rosto dela. Ela olhava para mim analisando meu rosto. “ O que você viu hoje? Eu perguntei nervosa mas ela não podia perceber isso na minha voz. Ela me examinou e respondeu cautelosamente: “ Nada de mais, só nós fazendo compras, Carlisle chegando mais cedo, Emmett e Jasper indo caçar... Por quê?”
“Nada.”
“Bella, você é uma péssima mentirosa.” Ela falou assim que terminei de falar. Realmente eu era péssima em mentir e Alice me conhecia muito bem.
“ Você não me vê atacar nenhum humano?”
“Own, Bella, você está preocupada com isso? Você não atacou nenhum até hoje porque hoje seria diferente?! Não se preocupe com isso, e qualquer coisa eu estarei lá ao seu lado.”
“Obrigada” Sussurrei. Ela me fez deitar com a cabeça em seu colo e começou a fazer umas tranças no meu cabelo.
“Podemos visitar Charlie antes de ir?”
“Claro” Ela falou. Eu levantei e a puxei, descemos as escadas e fomos chamar Rosalie e Renesmee e nos despedir dos outros. Antes de entramos no carro Edward perguntou a Alice:
“Você não vai sumir com minha esposa e minha filha, vai?”
“Como você adivinhou!?” Alice brincou.“Não se preocupe, não vou mais largar do seu pé, irmãozinho.” Ela deu um beijo na bochecha de Edward e entrou no seu Porshe amarelo, Rosalie depois de se despedir de Emmett e Esme entrou no carro e sentou se no banco de trás. Eu estava em pé ao lado do carro, com Renesmee nos braços, que estava toda animada. Edward me segurou pela cintura sorriu meu sorriso favorito e me beijou.
“Edward, nós só vamos fazer compras!” Alice falou do carro. Jasper, Emmett e Esme, que estavam na frente da casa riram. Ele olhou para mim sorriu e sussurrou “Volte depressa pra mim.”
“Sempre.” Eu respondi e entrei no carro.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Meg Chastity Raven
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 22
Número de Mensagens : 64
Data de inscrição : 01/04/2009
Localização : Na ilha de Esme, com Edward

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Seg 04 Maio 2009, 14:39

Aaaaadorei!!!
Continue, por favooor =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Guta Swan Cullen
Vendo os golfinhos fugirem de Ed
Vendo os golfinhos fugirem de Ed


Idade : 21
Número de Mensagens : 715
Data de inscrição : 15/08/2008
Localização : Perdida entre Londres e Forks

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Seg 04 Maio 2009, 15:01

Continuaaaaa *----------*

Quero ver as compras!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Seg 04 Maio 2009, 20:22

Aqui está o segundo capitulo.Espero que gostem, obrigado pelos comentarios e continuem comentando,please! Very Happy
_____________________________________________________________________________________________________________

Depois de alguns minutos estávamos na frente da casa de Charlie, minha antiga casa, parecia que fazia séculos que essa foi a minha casa. Nada havia mudado desde da última vez que vim aqui, no Natal com Edward, Jacob e Renesmee. Alice estacionou o carro em frente à garagem, eu podia ouvir tudo que se passava dentro da casa, o coração de Charlie batendo, ele conversava com alguém, eu respirei fundo e sai do carro. Rosalie e Alice, que segurava Renesmee, que se escondia em seus braços, já estavam em frente à porta me esperando eu sai do carro fechei a porta. Caminhei em direção a elas, podia sentir o cheiro de Charlie, minha garganta começou a queimar, mas ela não estava sozinho. Havia outro humano com ele, alguém que cheirava a lobisomem, provavelmente Sue, eu pensei. Respirei fundo na frente da porta e toquei a campainha. Ouvi os passos apressados de Charlie vindo em direção a porta, o barulho da chave e então ele abriu a porta. Ele ficou surpreso ao nos ver.

“Hey” Ele falou depois de alguns segundos.

“Oi pai! Viemos fazer uma visita rápido. Espero que não esteja ocupado...”

“Claro. Entrem.” Ele disse sorrindo e abrindo caminhou para passarmos. Alice e Rosalie o cumprimentaram assim que passaram por ele. Quando entramos na sala vi quem era sua visita, como imaginei era Sue. Sua expressão não mudou ao nos ver, ela nos cumprimentou educadamente e continuou sentada no sofá onde estava antes. Eu não sabia o que ela achava de mim , da minha decisão, da minha nova e eterna vida, eu nunca tinha parado pra pensar ou perguntar pra Jacob ou Edward, não era uma das minha preocupações antes e agora isso passou pela minha mente e estava curiosa. Ela parecia gostar mais de mim do que sua filha Leah.

“ Como estão as coisas?.” Charlie perguntou sentando na poltrona na frente do sofá em que nos sentamos.

“ Ótimas.” Respondi com um enorme sorriso, isso deixou Charlie mais feliz aparentemente.

“ Que bom, como está Edward e Nessie? Ele perguntou olhando para os braços de Alice, Renesmee estava tão quietinha lá parecia que estava dormindo. Quando Charlie falou seu nome ela virou e olhou para ele com seu encantador sorriso no rosto.

“ Hey Nessie!! “ ele falou ao ver que ela estava acordada.

“ Edward está bem, Renesmee também.”

“ Ainda tem visitas lá?” ele perguntou tentando esconder a curiosidade
“ Não, partiram ontem.”

Passamos cerca de quinze minutos lá conversando. Apesar de ser uma pessoa que não falava muito Charlie até que falou bastante. Ele estava conversando com Alice quando o telefone tocou, ele pediu licença e foi atender ao telefone, era da delegacia com um chamado, ele passou uns dois minutos no telefone, eu ouvia a ligação com atenção, mas não havia nenhum detalhe do que havia acontecido para chamarem ele assim, Alice trocou algumas palavras com Sue nesses dois minutos. Quando Charlie desligou e caminhava para a sala, nós nos despedimos, prometi vim visitar ele de novo, e saímos da casa. Enquanto entravamos no carro, Sue e Charlie estavam entrando na viatura. O carro começou a se mover e rapidamente estávamos bem longe da casa de Charlie. Eu olhava para janela e me fascinava, a paisagem era linda, eu podia ver todos os detalhes da floresta que passava rapidamente pelos meus olhos, apesar de o céu estar nubaldo podia ver os feixes de luz entrando na floresta, cortando o céu cinza , via formigas que marchavam pelo caule das árvores, via tudo com uma clareza incrível apesar de Alice estar dirigindo, como uma louca, em uma velocidade exageradamente alta, qualquer humano a uma velocidade dessa só veria um borrão passando.

“ O que você acha deles juntos?” Alice perguntou sorrindo, olhando para mim pelo espelho retrovisor.

“Sue e Charlie? Serio? Rosalie perguntou surpresa. Alice balançou a cabeça confirmando.

Eu já tinha percebido algo mas não tinha certeza.“ Legal, eu acho. Um pouco estranho...” Respondi pensativa. Eu realmente não sabia o que pensar, estava feliz que Charlie tinha alguém agora, e não estaria mais sozinho. Por mais que isso me deixasse feliz não podia parar de pensar no qual estranho isso era, a mãe de dois lobisomens, um que me adora e outra que parece me odiar, e o pai de uma vampira (e avó de uma meia-vampira). Eu ri silenciosamente com esse pensamento. Alice ligou o som e começou a cantar alto, Renesmee estava tão animada quanto à tia, com um sorriso estampado no rosto e dançando com a música, ela até cantava alguns pedaços, com sua vozzinha perfeita, não pude deixar de sorrir ao ver a alegria estampada no rosto dela. Ela olhou para mim e esticou seus bracinhos, eu a peguei nos braços.

“ Então aonde vamos?” Eu perguntei para Alice enquanto mostrava as coisas na janela para Renesmee.

“ Seattle”

“ Seattle??” eu e Rosalie perguntamos quase ao mesmo tempo.

“Sim.” Alice respondeu com um sorriso ao ver nosso rosto surpreso.

“ Porque?”

“ Não gostou? Podemos ir para outro lugar...” Ela falou com um sorriso estranho.

“Não, quero dizer, sim, gostei. Mas achei que você escolheria um lugar mais...longe”

Ela gargalhou “ Eu gosto de Seattle.”

Em alguns minutos estávamos em Seattle. Renesmee ficou fascinada com a agitação da cidade, ela observava atentamente as pessoas na rua, os enormes prédios, casas e lojas. Um grande shopping era visível agora, Alice dirigiu naquela direção, estacionando na garagem, embaixo do nível dos estacionamentos subterrâneos. Nós caminhamos por baixo de uma ponte que cruzava do nível mais alto dos estacionamentos até o segundo andar de uma loja de roupas para criança, sempre nos mantendo fora dos caminhos da luz do sol. O shopping estava lotado, muitos grupos de compradores passaram, alguns deles viraram as cabeças para nos ver passando.
Renesmee experimentou milhares de roupas, todas ficavam maravilhosamente bem nela, ao contraio de mim, ela parecia amar esse movimento todo, o que deixou Alice muito animada.

“Minha nova companheira de compras” Alice suspirou emocionada, vendo animação de Renesmee. Eu e Rosalie rimos.

Eu e Alice pegamos todas as roupas, Rosalie pegou Renesmee no colo enquanto nos dirigíamos ao caixa. Eu reparei quando o vendedor lançou um olhar incrédulo quando Alice lhe deu um cartão de crédito estranho, cheio de listras douradas. Ele olhou curioso para nós, analisava estranhamente cada rosto. Nós sorrimos para ele, ele pareceu ficar abobalhado. Eu ri silenciosamente, eu ainda não conseguia acreditar que fazia as pessoas se sentirem assim por causa da minha beleza.
Saímos da loja seguindo Alice, delicada, dançante, com o seu estonteante rosto de anjo, vestida com tecidos leves, em cores pálidas que não se comparavam exatamente com o tom de pele dela, de mãos dadas comigo, eu usava um vestido de algodão azul, mais uma das roupas que Alice tinha comprado para mim, o vestido ficava incrivelmente bem em mim. Rosalie estava usando uma calça jeans branca e uma camisa de algodão vermelha. Nós chamávamos a atenção de qualquer que olhasse para o nosso caminho. Eu me perguntei o que eles pensavam que estavam vendo, três lindas mulheres com rosto de adolescentes e uma criança incrivelmente linda. Aquilo ainda era estranho para mim, eu tentava não olhar para as pessoas e seus rostos, entrei numa loja grande, seguindo Alice. As vendedoras a cumprimentaram, pelo nome, o que não era estranho, já que ela vivia fazendo compras. Alice rapidamente foi escolhendo varias roupas e me dando, ela me usou como burro de carga, me enchendo com uma pilha estonteante de roupas, eu a via pegando algumas roupas de tamanho extra-pequeno, para si mesma, umas número dois, para mim e algumas número três, presumi que seria para Rosalie.

“Alice, você já sabe meu numero, então não preciso experimentar... vou deixar as sacolas no carro, ta?” Eu perguntei entregando toda a roupa para a atendente da loja. Eu ficar lá era completamente inútil, era Alice que comprava maioria das minhas roupas mesmo.

“ Ok.” Ela falou enquanto pegava um vestido branco e o examinava minuciosamente. Eu peguei todas as sacolas com uma mão, Renesmee se jogou para mim, eu a segurei com o braço livre. Chamei menos olhares dessa vez; estava tão coberta de sacolas que minha pele mal estava visível. Caminhei rapidamente até a garagem, não tive problemas para lembrar onde Alice havia estacionado o carro, até porque não tinha como não ver um enorme Porshe amarelo. Renesmee pulou para o chão enquanto eu arrumava as sacolas no porta-malas. Notei que Renesmee olhava atentamente para um grupo de crianças, que pela aparência teriam quatro ou cinco anos, que era a idade que Renesmee aparentava ter, e duas mulheres que estavam comprando sorvetes numa pequena lojinha,toda colorida, perto da entrada do shopping. Hoje era a primeira vez que ela via crianças, ela sabia que era diferente de qualquer criança que viesse a encontrar, mas podia ver que ela estava muito curiosa em relação às outras. Eu me abaixe ao lado dela.

“O que é aquilo que elas estão comendo?” ela perguntou sem olhar para mim. Por essa pergunta eu realmente não esperava. Olhei para as crianças ao longe e vi que estavam explodindo de felicidade com seus sorvetes na mão.

“Sorvete.”

“É bom?!“ ela perguntou pensativa. Sua pergunta lembrou-me da ultima vez que eu tomei sorvete, fazia muito tempo, antes mesmo de eu ir morar em Forks. Em minha outra vida, esse pensamento me fez sorrir.

“ Você nunca vai saber se não experimentar” Eu falei sorrindo para ela. Renesmee não gostava de comida humana, achei que provavelmente não gostaria de sorvete. Carlisle e Edward fizeram questão de fazê-la experimentar varias comidas, a única coisa que ela havia gostado foi o filé com fritas feito por Edward, mas mesmo assim ela não fazia questão nenhuma em comer. Eu não me importava com isso, se ela tomasse sangue ou comesse comida humana para mim tudo bem.

“Você quer experimentar?” Eu perguntei ao ver que ela continuava perdida em seus pensamentos. Ela segurou minha mão e me puxou.

“Oláá! O que a senhorita vai querer?” O vendedor perguntou amigavelmente para Renesmee, que olhou para mim sem saber o que responder.

“Um sorvete de chocolate” Eu respondi. Ela sorriu para mim e se virou para o homem atrás do balcão. Depois de alguns segundos ele apareceu com um copinho rosa e entregou para mim, eu paguei e sentei com Renesmee num banco branco que tinha ali perto. Ela olhava com curiosidade e ansiedade para o sorvete, era engraçado ver ela daquele jeito. Eu peguei um pouco de sorvete com a colher e levei em direção à boca dela. Ela mordeu a colher um pouco mais forte que o necessário e a colher de plástico se despedaçou na boca dela. Ela ficou com a boca meio aberta sem saber o que fazer, eu peguei o guardanapo e falei para ela cuspi tudo nele. Pedi outra colher ao senhor que não pareceu surpreso por a colherzinha ter sido quebrada.

“Você, não pode morder a colher” eu disse controlando o riso enquanto enchia a colher de sorvete. Ela enrugou a testa enquanto eu falava com ela, ela olhava para a colher como se fosse um grande enigma conseguir usá-la.

“Pronta?” eu perguntei analisando seu rosto. Ela mostrou um sorriso torto igualzinho ao de Edward. Dessa vez a colher voltou inteira.

“O que achou”? Eu perguntei rindo da careta dela.

“É gostoso.” Ela falou esticando a mão para o copinho de sorvete.


“Cuidado pra não quebrar a colher de novo” Rir ao entregar a ela. Peguei-a no colo e entrei no shopping. Passamos pela multidão de pessoas, que nos seguiam com os olhos, até chegar na frente da loja, onde Rosalie e Alice esperavam cheias de sacolas nas mãos. Rosalie sorriu ao nos ver, Alice a puxou pela mão e veio até nós.

“Edward vai gostar de saber que ela gostou disso.” Ela falou sorrindo para Renesmee que estava toda lambuzada de sorvete.

“O que vamos fazer agora?“ eu me dirigi a Alice

“Nós vamos cortar seu cabelo.” Ela riu me mostrando um de seus sorrisos estonteantes. Eu congelei. Olhei para Alice que ria da minha reação.

“Bella, não seja difícil. Eu prometo que Edward vai amar.”

“Mas Edward gosta do meu cabelo assim e eu também.” Eu contrariei.

“ Bella, eu já vi. Vai ficar perfeito.”

“ Mas... meu cabelo não vai mais crescer... e se.. eu ou Edward não gostarmos?!” Eu bufei imaginando se teria que raspar minha cabeça e usar uma peruca , caso o corte fosse um fiasco. Eu sabia que não iria crescer mais, nunca mais.

“Confia em mim não é , Bella?” Alice, me perguntou, fazendo uma cara de coitada. Era assim que ela normalmente conseguia as coisas.

“Sim, Alice. Você sabe que eu confio em você... mas” Não consegui terminar, ela me puxou em direção ao aglomerado de pessoas.

Em dois minutos eu estava na cadeira de um extravagante e caro salão tendo meu cabelo lavado. Alice estava parada ao meu lado, falando alegremente, mas eu não estava prestando atenção. Rosalie estava sentada com Renesmee á alguns metros de distância. Rosalie abriu em breve sorriso quando viu que eu as observava. Assim que a cabeleireira, uma mulher alta, magra, loira, com uma aparência bastante ‘ normal’, que se chamava Anna, como indicava o crachá em sua blusa, terminou de lavar meu cabelo, ela virou e me perguntou como seria o corte. Mas antes que eu pudesse abrir a boca, Alice começou a falar.

“Corte um palmo”

“Alice! Um palmo?!“

“Bella, o seu cabelo está na cintura, um palmo não vai ser nada.”

Eu revirei os olhos, ela riu de mim. Então Anna começou a cortar, eu ouvia as batidas da tesoura e os chumaços de cabelos caindo no chão. Realmente não pareceu estar faltando muito cabelo quando ela acabou.

“Meio desfiado. Corte mais um pouco da franja também.” Ela mordia o lábio inferior me estudando como se estivesse faltando alguma coisa.

“Que tal umas mechas azuis?” Alice perguntou ainda me analisando.

“Nããoo!” Eu gritei e todos no salão olharam para mim

“Calma, Bella. Eu estou brincando” Ela respondeu rindo do meu desespero. Eu fechei meus olhos e fiquei imóvel esperando, nervosa, pelo resultado final.. Depois de alguns minutos, Ana anunciou que havia acabo, enquanto ela passava as mãos em meus cabelos, acabando de arrumá-los.

“Pronta?” Alice perguntou, parecendo orgulhosa de si mesma.

“não” respondi com uma careta.

“Bella...”

“Okay, okay.“ Respondi mordendo meus lábios. Respirei fundo e abri os olhos. Eu parecia... Linda. Alice deu risadinhas atrás de mim. Realmente havia ficado perfeito.

“ Está lindo seu cabelo, mamãe” Renesmee falou com um enorme sorriso. Ela e Rosalie estavam em pé ao meu lado, junto com Alice.

“Ficou realmente muito bom” Rosalie disse suavemente, sorrindo para mim.

“O que achou?” Alice perguntou, com um sorriso brilhante, ela já sabia qual iria ser a resposta.

“Você já sabe a respostar”. Fiz uma careta para ela.

“Sim, já sei. Eu disse que você ia amar.”

“Obrigada” Falei me levantando da cadeira e olhando mais uma vez para o espelho sem acreditar. Quando olhei de volta para Alice, ela estava com a mão esticada, me dando uma caixinha azul. Eu peguei as lentes da mão dela, e entendi o recado silencioso: o veneno irá dissolver as lentes dos meus olhos em poucos minutos. Eu corri ao banheiro do salão e troquei de lentes. Meus olhos não estavam tão vermelhos, estava um laranja meio amarelado, quase castanho mel. Em poucos meses me livraria dessas lentes. Joguei as lentes antigas no lixo, ou o que restava delas e voltei. Alice já tinha pagado e estava na porta com Rosalie e Renesmee logo atrás.

“Podemos ir para casa agora?” Eu supliquei ao me aproximar delas. Eu estava separada de Edward por apenas algumas horas e isso era uma tortura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Ter 05 Maio 2009, 16:42

03.

No carro Alice me entregou seu celular, eu olhei para ela sem entender. Antes que eu pudesse perguntar o celular começou a tocar. Claro, como não tinha pensando nisso. Olhei para o pequeno aparelho roxo em minha mão, que tocava uma das músicas favoritas de Edward. Vi seu nome no pequeno visor, abri o celular e o trouxe a minha orelha.

“Vocês saíram há horas atrás. Por que a demora?” Edward falou, sua voz aveludada mostrava impaciência. Eu segurei um sorriso, ele parecia tão impaciente quanto eu estava por estarmos separados.

“Sou eu, Edward. Nós vamos chegar logo, já saímos de Seattle.” Eu falei sorrindo bobamente. Ele suspirou.
“Em uma hora” Alice me informou, provavelmente respondendo a pergunta que Edward faria.

“Ok.” Ele falou rindo, ao ouvir Alice. Despedi-me, desliguei e passei o celular para Alice.

A viagem de volta pareceu mais rápida, provavelmente porque passamos o tempo inteiro conversando, para minha grande surpresa, Rosalie estava participando animadamente da conversa. Renesmee havia adormecido nos meus braços com sua cabeça encostada no meu ombro com sua mão em meu rosto, me possibilitando de ver seus sonhos, eram mais imagens saltando em sua mente, fiquei feliz em ver que o meu rosto era o que aparecia com mais freqüência.

Alice começou a rir, enquanto fazia a curva para e estrada que levava para casa, eu e Rosalie ficamos confusas, mas não perguntamos nada. Depois de alguns segundos eu podia ver a enorme casa iluminada destacando-se no meio da escuridão, então pude ver o porquê Alice ria, Edward estava em pé na frente, no segundo degrau da enorme varanda da casa.
Assim que Alice estacionou o carro na frente da garagem, ele estava na minha porta, abrindo-a pra mim. Eu levantei com cuidado para não acordar Renesmee. Edward me apertou com força contra seu peito, sua mão encontrou o meu queixo, e ele puxou o meu rosto pra cima pra poder pressionar seus lábios com força nos meus.

“Olá,” eu respirei, quase incapaz de formar a palavra enquanto seu cheiro entrava em meu nariz. Ele riu suavemente, seu nariz roçando na minha pele atrás da minha orelha.

“Você está linda,” ele murmurou. “Não que você não fosse antes, mas o corte ficou muito bem em você... ” Ele sussurrou, tirando o cabelo do meu rosto e colocando atrás da minha orelha. Dei um sorriso tímido e tive aquela sensação que estava corando, apesar de saber que isso não aconteceria mais. Eu passei meu braço livre ao redor dele, me recusando a deixar que algum espaço se formasse entre nós. Antes mesmo de entrarmos em casa Renesmee acordou. Ao ver Edward ela sorriu e se jogou em seus braços.

“Hey” ele falou com voz baixa, quase um sussurro. ”Como foi seu dia?” Ela segurou seu rosto e os olhos de Edward pareceram vazios, ela estava respondendo sua pergunta, lhe mostrando tudo que fizemos. Apesar de ele já saber pela mente de Alice, Rosalie e Renesmee, ele adorava quando Renesmee compartilhava essas coisas com ele. Ele assistiu tudo pacientemente, quando acabou ela abaixou sua mão e o abraçou.

“Também senti sua falta” ele respondeu ao seu pensamento. Ela levantou e olhou para o rosto dele.

“Jacob está lá dentro.” Com uma risadinha, ele deixou-a no chão, ela rapidamente correu para dentro.

Quando entramos, ela já estava nos braços de Jacob, brincando com seus cabelos longos e desarrumados, ele nos saudou silenciosamente.

“Então, você vai conosco?” Emmett perguntou assim que entramos.

“Não sei ainda.” Edward falou olhando para mim.

“Você vai...” Alice falou indiferente. Eu até aquele momento não tinha percebido a presença dela. Ela estava sentada no chão ao lado do sofá onde Jasper estava sentando segurando sua mão. Ela estava imóvel, com os olhos fechados e cabeça virada pra o norte. Ela parecia tão concentrada, como se estivesse vendo a paisagem além da janela.

“Para onde?” Eu indaguei depois de tirar meus olhos de Alice.

“Emmett, Jasper e Carlisle estão indo caçar, estão indo longe, procurando por ursos pardos.” Ele me esclareceu.

“E porque você não vai?” Eu perguntei confusa.

“Está tudo bem pra você? Eu ir...?” Ele perguntou calmo com um sorriso torto expresso o rosto.

“Claro.” Eu falei quase que de imediato. Não era uma mentira, mas eu queria que ele passasse mais tempo com seus irmãos e seu pai, apesar de estar morrendo de saudade dele, depois de algumas horas que passei longe em Seattle, mas eu sabia que teríamos tempo depois. Ele se aproximou de mim me segurando contra o seu corpo, enquanto Emmett, Jasper e Carlisle se dirigiam para fora da casa, e me deu um longo beijo.

“Prometo recompensar o tempo que estarei longe.” Ele sussurrou no meu ouvido. Meu corpo tremeu involuntariamente ao sentir seu perfume e seu hálito quente contra minha pele.

“Eu vou cobrar” Eu disse rindo. Soltei sua mão e ele desapareceu correndo em direção à floresta.

Eu caminhei ate o sofá e sentei a lado de Rosalie, que estava passando os canais da TV, e Alice que estava ainda no chão imóvel.

“Passando alguma coisa boa?” Perguntei olhando para a Tv ao sentar ao lado de Rosalie, no confortável sofá branco.

“Nada.”

“Quais os planos para essa noite?” Perguntei a Alice. Ela abriu os olhos lentamente e um enorme sorriso brotou em seu rosto. Rosalie desligou a TV e virou para também olhar para a pequena vampira morena sentada ao nosso lado.

“Nós vamos jogar Twister.” Ela falou levantando e sumindo, correu para as escadas, ouvi ela indo para o sótão. Depois de alguns segundos ela estava de volta com uma caixa na mão.

“Twister?” Eu perguntei sem acreditar. Como alguém ainda podia ter isso em casa? Isso devia pertencer a um museu.

“Sim, todos nós.” Ela falou olhando para o canto da sala onde Jacob e Renesmee estavam. Eles se aproximaram.

“Não tem nada mais novo?” Jacob perguntou com cuidado, dando um passo para trás. Rosalie gargalhou. “Por mim tudo bem.” Sua voz perfeita estava calma. A cada dia eu me surpreendia com Rosalie, essa realmente não era a reação que eu esperei dela, mas ela estava certa. “Não vai machucar...” eu disse sentando no chão ao lado de Alice.

“Então ta.” Jacob falou sentando no chão com Renesmee que saiu de seu colo e saltitou para perto de Rosalie, se jogando em seus braços.

“Esse é o espírito” Alice falou animada balançando a cabeça o que fez seu cabelo curtinho balançar como um véu cobrindo seu rosto angelical.

Passamos algumas horas jogando, Jacob ganhou o que deixou Alice um pouco desanimada. Renesmee dormiu antes do fim do jogo, Rosalie a carregou e a levou para o antigo quarto de Edward, enquanto Alice guardava os jogos, fui até a varanda com Jacob.

“Tem certeza que não quer dormir aqui? Tem camas sobrando.” Eu falei puxando seu braço quente.

“Aposto que tem.” Ele falou bocejando, eu podia ver que ele estava cansado. Ele me puxou para perto dele, e seus braços quentes me envolveram em um abraço apertado, que quebraria meus ossos se eu fosse humana. Eu passei meus braços pela cintura dele e repousei meu rosto em seu peito.

“Jake?” Chamei depois de alguns segundos silenciosos.

“Sim?” Respondeu alisando o meu cabelo.

“Você fede” Eu falei me controlando para não rir enquanto enrugava o nariz. Ele olhou para mim e pude ver que seu nariz também estava enrugado.

“Você também não está muito cheirosa” Ele gargalhou. “Boa noite, Bells.” Ele deu um beijo em minha testa e se afastou correndo para o meio das árvores.

“Boa noite, Jake” Eu falei antes dele desaparecer na escuridão que cercava a floresta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Ter 05 Maio 2009, 17:25

suhauhsuhsa vc fede foi oootima uhsahusuhsa campi continuua *====*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teffa Moon Draven Cullen
Na sala de balé
Na sala de balé


Idade : 24
Número de Mensagens : 142
Data de inscrição : 09/03/2009
Localização : Em algum lugar, sendo amada...

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 17:28

mto lindaaaa!! amei!!! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 18:01

AMEI PERFEITA... TEM MAIS? KKKK
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 18:48

campi posta mais *=*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 19:02

04.

O ar estava pesado, como se estivesse prestes a chover. A noite estava escura com uma brisa fria e forte, eu caminhei pelo grande jardim da frente e sentei num pedaço de uma enorme rocha semi-seca, me curvei numa bola, e fiquei olhando para a floresta, tentando ouvir ou ver qualquer sinal de Edward voltando, eu estava totalmente distraída lembrando uma antiga memória, a primeira das memórias que tive com ele, do ano que havia chegado a Forks. Uma tarde de sábado em que passei com ele na nossa clareira, a primeira vez que o vi na luz do sol, o dia em que ele havia me contado como se sentia. Eu pretendia não esquecer esses momentos e sabia que quanto mais eu pensasse neles poderia carregá-los comigo pelo resto da minha existência. Fui tirada das minhas memórias por Alice e Esme que estavam ao meu lado em um segundo.

“O que aconteceu?” Eu sussurrei baixo, olhando para Alice.

“Renée” Alice murmurou rapidamente para mim.

“O que? O que aconteceu? Ela está bem?” Eu fiquei de pé com um pulo.

“Calma, Charlie chegará a alguns minutos para avisar você que Renée estava vindo fazer uma visita que deveria ser surpresa.”

Então pude ouvir um barulho vindo da estrada, era o barulho do carro de Charlie, fechando os olhos eu respirei fundo tentando sentir o cheiro ao meu redor. Então senti o cheiro saboroso, doce e quente, minha garganta queimou, eu apertei minha mandíbula com uma força.

Eu olhei de volta para a estrada e agora podia vê-lo.Ele estava dirigindo a uma velocidade muito alta comparada ao que ele costuma dirigir.Eu estacionou o carro a alguns metros de nós, e começou a caminhar em nossa direção de cabeça baixa, ele parou o carro a alguns metros de onde estávamos. Desceu da viatura e veio caminhando em nossa direção, seus passos eram rápidos e largos, eu podia ver o preocupação e medo expressos em seu rosto. Eu me dei um passo para frente indo para o lado de Alice, que segurou minha mão.

“Bella. Alice. Esme.” Ele saudou rapidamente, sem olhar para elas, seu olhar estava fixo em mim.

“O que aconteceu?” Eu forcei para que minha voz fosse audível para ele. Apesar de já saber a razão para ele estar aqui.

“Renée está vindo, ela me ligou hoje dizendo que queria fazer uma surpresa pra você, no seu aniversário. E avisou que estaria chegando aqui na segunda-feira, eu tentei falar pra ela que talvez não fosse uma boa idéia, mas ela não...”

Ele não conseguia terminar a frase, eu já havia entendido eu queria o acalmar, dizer que tudo bem, sem problemas, mas eu não podia, não conseguia. E agora? O que eu faria? Era tarde demais para sair de Forks. Eu me apavorava só em imaginar a reação da minha mãe a mim. Alguns segundos passarem em silencio até que Esme o quebrou.

“Você gostaria de entrar Charlie?”

Eu voltei meus olhos para ele, que estava olhando para mim preocupado.

“Não, obrigado” Ele respondeu , botando as mãos no bolso do casaco, e se aproximando de mim. Esme e Alice saíram lentamente de perto de nós e se dirigiam a casa. Pode ouvir Rosalie na sala, apertando rapidamente oito dígitos nos pequenos botões do celular, então ela sussurrou algumas palavras rápidas e desligou, indo se encontrar com Alice que estava na porta.

“Eles estão voltando” Rosalie falou num tom tão baixo que Charlie com certeza não ouviu.

“Vocês não vão embora, vão?” Charlie perguntou.

“Não, pai.” Eu o abracei, ele pareceu não se importar com minha pele fria e me apertou contra ele. “Não se preocupe.”

“Desculpe” Ele falou ao se afastar de mim.

“Não é sua culpa. Não se preocupe, vai ficar tudo bem.” Eu falei, eu tinha que acreditar nisso. Não tinha a mínima idéia de como enfrentaria minha mãe.

“Posso vir aqui amanhã?” Ele perguntou desconfiado.

“É claro. Estaremos aqui.”

“Certo. Te vejo amanhã Bells.”

Eu forcei um sorriso para ele. Ele sorriu de volta, fazendo rugas aparecerem ao redor de seus olhos. Se afastando de mim ele caminhou até seu carro. Eu olhei ele ir embora e assim que o carro desapareceu na estrada eu entrei em casa. Joguei-me no sofá ao lado de Rosalie e Esme.

“Não se preocupe, vai ficar tudo bem.” Esme falou encostando a mão em meu ombro. Eu não tinha tanta certeza, minha mãe não era tão forte quanto Charlie. Ela iria pirar. Todas elas pareciam estar calmas, como se realmente acreditassem que isso não era problema. Eu suspirei e cobri meu rosto com minhas mãos.

“Ela é sua mãe, Bella. Ela vai ficar bem sabendo que você está feliz. Sua felicidade é só o que importa pra ela.” Rosalie disse sua voz estava gentil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 19:09

continuaaaaa =) pliiiiiiis
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 19:12

05.

Conforme as visões de Alice faltavam trinta minutos para Charlie e Renée chegarem. Eles pareciam calmos, eu estava mais calma, mas continuava muito preocupada com a reação dela. Desci as escadas, e fui para cozinha onde podia ouvir Jacob inquieto.

“Como você consegue comer numa hora dessas?” Perguntei sem acreditar, Jacob estava procurando algo na geladeira. Ele pulou ao me ouvir e derrubou uma jarra de suco, fazendo um enorme barulho na casa que estava muito silenciosa.

“Droga! Bella, porque você fica fazendo isso?” Ele perguntou ainda se recuperando do susto e analisando o chão melado e cheio de pequenos pedaços de vidro.

“Fazer o que?” Perguntei sem entender, enquanto pegava um pano que estava em cima do balcão da cozinha. Graças a Jacob e seu bando, que agora estava maior, a casa dos Cullens estava sempre cheia de comida humana. As visitas ao supermercado eram com mais freqüência agora, mesmo só Jacob e Seth comendo. E Renesmee que agora aceitava comer algumas coisas para a felicidade de Edward e Jacob.

“Chegar em silêncio me assustando.” Bufou ele.

“Desculpa se quando você está comendo você perde a audição.” Falei me abaixando para limpar a sujeira.

“Deixa que eu limpo” Jacob falou pegando o pano da minha mão. Eu me levantei e encostando-me a uma parede suspirei chateada.

“Desculpa se você gostava da jarra...” Jacob falou com a voz baixa. Eu comecei a gargalhar.

“Porque você esta rindo?” Ele perguntou ficando vermelho.

“Jake, eu não ligo para a jarra.” Falei fazendo uma careta para a sujeira que ele tinha feito.

“Oh. Pare de se preocupar com isso, Bells. Vai dá tudo certo hoje.” Ele falou abrindo um sorriso. Aproximando-me do balcão sentei em uma das cadeiras.

“Espero que sim” Disse sem nenhum animo.

“Onde está Nessie?”

“Rosalie esta dando um banho nela...” respondi indiferente enquanto me ajeitava na cadeira.

“Quer um pouco?” Jacob falou com um sorriso travesso no rosto e me mostrou um pedaço de bolo de chocolate que ele havia acabado de dar uma enorme mordida.

Olhei para ele segurando o sorriso, eu ainda achava incrível esse poder que Jacob tinha sobre mim, por mais que estivesse chateada e preocupada ele, de forma simples e inocente, me fazia rir e esquecer os problemas.

“Você não vai vestir uma roupa?” Perguntei mudando de assunto. Ele parou de comer e olhou para seu próprio corpo, ele estava sem camisa, o que não era uma novidade, e com uma calça jeans preta. Depois de se analisar por uns segundos olhou para mim e perguntou com um sorriso torto no rosto:

“Precisa?”

“Claro, o que minha mãe pensaria de você?”

“Que eu tenho passado tempo demais na academia” Ele respondeu rindo depois de finalmente fechar a geladeira e sentar na minha frente.

“Muito engraçado, Jake”

“Já.” Falou Alice que apareceu na cozinha em questão de segundos.

“Já o que?” Jacob perguntou sem entender, agarrando no ar a camisa que Alice havia jogado para ele.

“Está na hora, Charlie está chegando.” Anunciou Alice.

Eu me concentrei e tentei afastar meu pensamento e minha atenção da casa e me concentrei em ouvir o que estava fora, em poucos segundos ouvi o barulho da viatura de Charlie que estava ficando cada vez mais próxima. Eu levantei e respirei fundo, senti duas mãos quentes segurarem meu rosto. Ouvi a voz doce e suave de Edward. “Vai dá tudo certo.” Seu rosto estava tão perto do meu que pude sentir seu hálito quente fazendo cócegas em minha bochecha. Eu não respondi apenas os segui para a sala, onde estaríamos tomando nossas ‘posições’. Jake e Emmett sentaram na frente da televisão e começaram a jogar o novo vídeo game que Edward havia comprado, os dois pareciam duas crianças quando estavam jogando, o que mais jogavam era “Bite Fight”, um jogo que trás a idéia do filme Anjos da Noite. Lobisomens contra vampiros! Onde será que já viu isso? Desde que Emmett havia comprado esse jogo, eles não desgrudavam do vídeo game, Jacob, claro ,sempre sendo o lobisomem e Emmett o vampiro.
Alice e Jasper sentaram numa mesa no canto da sala e começaram a rabiscar em cadernos que estavam na mesa, junto com alguns livros de História e Arte, que eram as supostas faculdades que eles cursavam, Carlisle subiu as escadas e foi até seu escritório, Esme foi em direção ao jardim, Edward havia acabado de sentar no grande sofá branco e pego um livro, grosso e preto, sobre Direito e começou a ler. Eu sentei ao lado, ele passou o braço ao redor de mim e me puxou para mais perto dele. Rosalie desceu rapidamente as escadas com Renesmee nos braços, ela estava com a roupinha que Charlie havia dado a ela umas semanas atrás, uma saia branca e uma camisa violeta com pequenas borboletas, seus cabelos estavam presos em duas trancinhas, ela estava ansiosa e sorridente, nós havíamos conversado com ela sobre o que aconteceria hoje e como ela deveria se comportar, o que ela compreendeu sem problema.
Enquanto Rosalie a entregava pra mim, ela segurou o rosto pálido e lindo de Rosalie, ela depois de alguns segundos olhou para Edward que assentiu fazendo Renesmee sorrir e se jogar em meus braços. Rosalie com um sorriso tímido no rosto caminhou graciosamente até o piano e começou a tocar Pour Elise, uma das músicas favoritas de Renesmee. Ela observava Rose com atenção enquanto Edward se aproximou e com os dedos longos e quentes tocou minha bochecha.

“Não se preocupe.” Ele sussurrou bem perto do meu rosto.

A viatura finalmente parou e as portas abriram e fecharam mais rápida que o normal, minha mãe provavelmente estava bastante ansiosa fazia tempo que não a via ou falava mas trocava mos emails quase todos os dias. Havia passos apressado e passos lentos um pouco atrás.

“O que há de errado com você? “ Minha mãe perguntou para Charlie. Ouvir a voz dela me acalmou o que não fazia sentido nenhum naquele momento.

“Nada”.- Charlie murmurou. Então apressou-se até chegar a Renée.

“Vovô!!” Renesmee exclamou com um enorme e brilhante sorriso crescendo em seu rosto ao ouvir a voz de Charlie. Jacob virou para olhar para Renesmee, sua expressão gentil e o sorriso bobo, que estava sempre presente em seus rosto em todas as vezes que olhava para ela. Emmett então deu um grito de vitória que assustou a todos e fez Rose errar uma nota, Jacob voltou sua atenção ao jogo enquanto murmurava algo para Emmett que gargalhou em resposta.

A campainha finalmente tocou minha vontade de correr e chegar à porta em menos de um segundo era enorme, mas conforme o combinado. Continuei sentada enquanto Esme, que estava lá fora cuidando de algumas flores que havia plantando semana passada com uma pequena ajudinha de Renesmee, foi em direção à eles.

“Oh! Olá!!” Esme os cumprimentou gentilmente e com surpresa em sua voz.

“Olá” Respondeu minha mãe.

“Vamos entrar, Bella esta lá dentro.” Esme chegou à porta com apenas dois passos bem mais leves e silenciosos do que os que a seguiam.

“Bella! Ela chamou gentilmente – Você tem visita”. Eu levantei devagar pegando a mão de Renesmee, que caminhou ao meu lado até onde eles me esperavam, ouvi a respiração rápida de Charlie, ele estava mais nervoso que eu com tudo isso, podia ouvir seu coração, parecia que pularia dali a qualquer momento. Eu olhei para Jasper que ao encontrar meus olhos assentiu como se pudesse ler meus pensamentos e então um sentimento de calma invadiu a casa fazendo Charlie suspira aliviado. Finalmente eu os vi. Charlie estava suando, e Renée ficou um pouco confusa a me ver.

“Mãe!” Eu exclamei tentando parecer um pouco com a voz rouca que tinha, e me aproximando a abracei com o braço livre.

“Bella!! Que saudade!” Ela sussurrou em meu ouvido enquanto eu a abraçava.” Como você esta?”

“Estou ótima.” Respondi com um sorriso enquanto me afastava. Eu estava começando a ficar com mais medo ainda, Renée agiu como se nada estivesse diferente, nesse momento eu gostaria de poder ouvir seus pensamentos.

“E você deve ser Renesmee.” Ela falou gentilmente para Nessie que a fitava com um olhar curioso e balançava a cabeça com um pequeno sim.

“Ela é linda.” Minha mãe falou voltando sua atenção a mim, eu sorri de volta e a chamei para sentarmos. Enquanto passávamos pela enorme, branca e iluminada sala os outros Cullens levantavam e os cumprimentaram educadamente, Jacob se aproximou e eu o apresentei, percebi que ela ficou surpresa ao vê-lo por aqui. Todos eles saíram em direção ao jardim deixando-nos só. Ela e Charlie me seguiram até o sofá onde Edward nos esperava em pé com um mais uns de seus sorrisos perfeitos.

“Renée, é um prazer revê-la.” Edward falou passando o braço ao redor da minha cintura. Renée e Charlie o cumprimentaram e sentamos. A conversa foi fácil, como sempre foi com minha mãe, eu estava mais calma ao ver que ela estava à vontade ao nosso lado, Charlie que parecia um pouco estranho, como se estivesse com dor. Minha mãe como de costume falou pelos cotovelos, contou como estava Phill, e as novas atividades que ela estava fazendo, suas novas amizades, seu trabalho, contou também que haviam mudado de casa recentemente e como eram às coisas, lugares e pessoas em Jacksonville.

“Eu já falei demais... e você? Como estão as coisas por aqui?” Com um sorriso bobo de mãe ela olhava para mim esperando por uma resposta. Quando eu abri a boca para começar a contar-lhe, Charlie se mexeu impaciente na cadeira.

“Renée, está tarde. Se você ainda quiser ir aquele restaurante em Port Angeles temos que ir agora.” Charlie avisou calmamente.

“Vocês gostariam de nos acompanhar?” Ela perguntou com um sorriso para mim e para Edward.

“Adoraríamos.” Edward respondeu antes que eu pudesse rejeitar o convite. Charlie e Renée se despediram com um até logo e saíram acompanhados de Carlisle e Esme até o carro.

“Como assim?” Encarei Edward assim que percebi que eles não podiam mais nos ouvir.

“Não é você que diz que comida humana não é tão ruim assim?” Ele disse com um sorriso travesso crescendo em seu rosto. Eu respondi com uma careta. “E Renée realmente quer nossa companhia.” Ele complementou enquanto me puxava para mais perto dele.

“Bom apetite” Emmett desejou tentando conter uma risada , assim que entrou em casa pela porta dos fundos.

“Todos nós vamos?!” Falou Alice num tom de incerteza, o que era estranho de ouvir vindo dela.

Eu não pude deixar de sorrir ao imaginar todos numa mesa com meu pai e minha mãe comendo. Alice fez uma careta, Emmett reclamou, Jasper e Rose não falaram nada, mas não pareciam tão aborrecidos.

“Digam que eu estou doente” Emmett tentou inventar uma desculpa para faltar o jantar.


“Emmett... todos nós vamos. É importante para Bella e Edward.” Esme falou gentilmente.

“Um prato de comida não pode matar” Alice suspirou e subiu as escadas. Os outros fizeram o mesmo, ficando somente Rosalie.

“Eu posso cuidar dela enquanto você se arruma...” Rosalie ofereceu, mas o seu tom parecia mais um pedido.

“Claro. Obrigada.” Eu respondi com um sorriso. Edward que estava com o braço ao redor da minha cintura me conduziu para a porta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 19:27

asuhahus etha emmtzao...fugiu da cumida mermo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qua 06 Maio 2009, 19:30

06.

Em pé dentro do enorme closet rodeada de diversas roupas tentava escolher algo para vestir no jantar. Estava menos nervosa agora graças à positiva reação de minha mãe. A opção de roupa era tanta que eu não sabia nem para onde olhar. Edward me observava silenciosamente da cama, ele já estava pronto e em alguns minutos precisávamos ir para casa de Charlie, pega-lo. O resto de minha família já havia saído e provavelmente já estavam chegando em Port. Angeles. Eu me curvei para procurar algo em umas das gavetas de baixo, achei uma blusa vermelha igual a havia sido roubada por Vitória do meu quarto há um pouco mais de dois anos, durante o fim de semana que passei como prisioneira de Alice. Eu tinha certeza que não era a mesma, mas não me lembro de ter comprado outra. Fiquei olhando para a camisa enquanto percorria minhas vagas lembranças humanas procurando por um vestígio de memória do dia que a comprara, mas não pude lembrar.

-Precisa de ajuda? Edward perguntou em pé ao meu lado.

- Achei que não fosse perguntar. Falei ficando de pé e encarando a perfeição à minha frente. Ele se aproximou segurando minha cintura.

- Não estamos tão atrasados. Falou com um sorriso travesso crescendo no rosto. O encarei sem acreditar.

- Agora? Perguntei em quanto calculava o tempo. Ele me puxou mais para perto e beijou meu pescoço.

- Por que não? Indagou divertido.

Puxei-o pelo casaco e meus lábios encontraram o seus, ele me puxou caminhando para fora do closet e me jogando na cama. Cai na cama no exato momento que o celular tocava na cabeceira ao meu lado. Eu o puxei fazendo cair em cima de mim, ele olhou para o telefone rapidamente, eu o segurei pelo pescoço exigindo atenção e o beijei. Minhas mãos percorriam sua camisa e abria rapidamente os botões. Edward beijava-me com urgência. O telefone continuava tocando insistentemente. Eu tentava ignorar o irritante som de uma das músicas favoritas de Alice. Ele começou a beijar o meu pescoço, a minha orelha, contornava carinhosamente minha mandíbula com seus dedos, o virei subindo sobre o seu corpo e comecei a beijá-lo ferozmente enquanto minhas mãos corriam tentando tirar seu cinto. Com um longo suspiro Edward para me afastando e atende o celular.

- O que foi Alice?! Bufou com irritação.

- Podem parar! Venham já pra cá! Ela gritava, podia ouvir Emmett rindo ao fundo. Antes que Edward pudesse falar algo ela desligou.

-Droga! Sussurrei, ele riu baixinho. Levantei e peguei uma saia branca e a camisa vermelha e vestir rapidamente. Sai do closet e me deparei com o quarto vazio, fui até a pequena sala e Edward estava na porta esperando. Peguei meu casaco e saímos.

- Você está pensativa - Ele afirmou quebrando o silencio no carro. - O que você está pensando agora? Edward perguntou curioso.

-Na sua perfeição. Disse rindo.

-Bella - Ele falou balançando a cabeça negativamente, depois de um suspiro – Sinto-lhe informar, mas você continua uma péssima mentirosa. Charlie está curioso para nos ver comendo. Completou mudando de assunto.

- O que minha mãe pensou a tarde inteira? - Eu me virei para encarar seu rosto pouco iluminado pela luz que vinha do painel.

- Nada. - Ele falou pegando minha mão - Ela ficou desconfiada quando viu você, mas ela te reconheceu e depois que ela viu que você estava feliz, não se importou com as mudanças. Ela fez exatamente o que você fez. - Ele adicionou com um sorrindo em seu rosto angelical.

- O que eu fiz? Perguntei sem entender.

- Assim como você pensou assim que me conheceu. Ela simplesmente não liga para o que você virou, digamos assim, se você está feliz para ela está ótimo.

- Oh. Foi tudo que consegui falar, enquanto procurava em minha mente vestígios da noite que Edward me contou a verdade, na noite em que eu disse que eu simplesmente não me importava com que ele era. As imagens turvas passavam como um flash em minha mente. Virei-me observando atentamente as enormes arvores da floresta que passavam muito rápido. Estava feliz que tudo havia ocorrido perfeitamente bem, Edward e sua família, minha família, haviam sido perfeitos. E agora eu tinha minha mãe e meu pai ao meu lado novamente. Estava feliz que tudo tinha acabado desse jeito, muito melhor do que eu jamais imaginei.

Depois de passar e pegar Charlie e Renée, demos uma parada rápida na delegacia a pedido de Charlie e depois partimos para Port. Angeles.
Ao chegar no “La Bella Italia”, o restaurante onde tive meu primeiro encontro com Edward, Alice nos esperava na frente encostada em seu porshe chamativo. Descemos do carro e acompanhávamos os passos lentos de Charlie e Renée.

- Boa noite. Alice saudou amigavelmente meus pais, e com um simples gesto nos convidou para entrarmos. – Conseguimos uma mesa, que acredito que caibam todos. Completou, ela quando os três estavam bem à frente, dando-lhe a chance de fuzilar eu e Edward com os olhos.

- Vocês não podiam esperar algumas horas? Perguntou ela olhando para mim.

- Não me olhe assim. - Falei – A culpa não é minha. Ela revirou os olhos rindo e agarrou meu braço e me arrastou para dentro do restaurante, deixando Edward para trás.

Logo ao entrar não pude deixar de nota a enorme mesa no fundo, onde sentava os Cullens, Jacob, e agora meus pais se juntavam a eles. Sentei no lugar vazio ao lado de Renesmee, que estava ao lado de Rosalie na ponta da mesa. Edward sentou na cadeira a minha frente, e Alice deslizou para o seu lugar ao lado de Jasper.

- Porque demorou mamãe? Renesmee perguntou baixinho, assim que sentamos. Emmett virou o rosto tentando engolir uma risada. Jasper e Alice riram baixinho. Eu não conseguia pensar em nada para responder.

- Seu avô precisou parar na delegacia. Falou Edward calmamente. Satisfeita com a resposta ela voltou à atenção para a folha onde desenhava alegremente.

-Olá, meu nome é Taylor, e eu vou serví-los essa noite. O que vocês desejam beber? Perguntou com um sorriso bobo, a mulher alta e ruiva que se aproximou da mesa, seus cabelos caiam em seus ombros como um fino véu. Começamos a fazer os pedidos, mas ela não parecia prestar muita atenção em ninguém a não ser Emmett, que sentava na frente de Rosalie na ponta da mesa, estando assim mais perto da ruiva. Estava agradecida por não ser Edward, como da última vez que viemos aqui, mas Rosalie não parecia muito feliz com o comportamento da humana. Ela se arrastou para longe da mesa depois de anotar os pedidos. Emmett continuou acompanhando com os olhos a ruiva que andava desajeitadamente. Rose o chutou por baixo da mesa, fazendo o pular. Emmett virou seu rosto rapidamente para encarar a loira que não parecia muito satisfeita.

- Não! Disse Alice balançando o dedo indicador antes que Emmett soltasse uma de suas piadinhas. Ele fechou a boca rapidamente fazendo uma careta que fez com que Renesmee gargalhasse e ao ouvir aquele som angelical todos nos juntamos a ela.

A garçonete apareceu trazendo as bebidas e cestinhas de pães, Emmett agora não tirava os olhos de Rosalie e ela o encarava de volta. Ele abriu um enorme sorriso e esticou a mão por cima da mesa, ela tentou impedir o que brotava sem seu rosto, mas não teve sucesso, estendeu a mão e entrelaçou com a dele. Os dois pareciam estar se comunicando silenciosamente com os olhares.

- Você não pode deixar pra pensar nisso quando estiverem à sós. Bufou Edward batendo de leve na cabeça de Emmett.

- Olhe para ela! – Emmett sussurrou – Não dá pra evitar. Completou fazendo Rosalie rir.

Renée e Esme pareciam conversar alegremente do outro lado da mesa, Charlie com o cardápio nas mãos nos analisava cuidadosamente, ao ver que eu observava o mostrou um sorriso tímido e desviou seu olhar. Renesmee cansará de desenhar e agora passava as páginas do cardápio, lendo cada item.

- Vocês estão prontos para fazer o pedido? Perguntou a garçonete ruiva voltando a aproximar-se.

- Eu quero sorvete. Renesmee falou rapidamente antes de todos fazendo Todos riram .

- Só depois de comer toda a comida. Falei para ela tentando parecer que isso sempre acontecia. Ela pareceu confusa, mas não questionou. Pelo menos não a mim, porem a vi virando e pondo sua pequena mão no rosto de Rosalie que sussurrou algo em seu ouvido em resposta – O que vão pedi? Perguntei para minha mãe e Charlie.

- Lasanha vegetariana. Pediu minha mãe depois de analisar o cardápio mais uma vez. Esme, Alice e Rosalie, pediram caesar salad. Jaz, Em, Jacob e Edward decidiram dividir uma pizza grande. Charlie e Carlisle pediram cada um, um Tuscan Stea. Escolhi para Renesmee uma porção pequena de spaghetti e para mim um ravióli de cogumelos. Depois de alguns segundos anotando o pedido, a garçonete saiu depois de tropeçar no pé da cadeira ao olhar para Emmett em vez de onde andava. Rosalie revirou os olhos e Jacob tentou não rir enquanto a ruiva levantava do chão sem graça.

De repente Alice parou de falar com Jasper, fixei meu olhar em seu pequeno rosto angelical, o olhar vago em seus olhos acusava que ela estava vendo alguma coisa muito diferente do restaurante, algo que provavelmente aconteceria num futuro próximo. Olhei para Edward ele olhava para Carlisle e sorria. Alice voltou a si novamente e também encarou Carlisle com um sorriso animado. Ele desviou o olhar dos dois filhos e voltou a conversar com Charlie. Todos esperavam ansiosamente para saber o que estava por vir, mas Alice voltou a contar o que estivera contando a Jasper com mais animação que antes. Ele a olhava incrédulo. - Não vai contar o que foi? Ele perguntou curioso.

- Próxima semana vocês saberão. Respondeu com um sorriso radiante.

Nessa hora a garçonete apareceu trazendo a comida. Se aproximando serviu a todos. Renée começou a comer Esme a seguiu. Edward olhou rapidamente para Charlie, que o encarava curioso, cortou um pedaço de pizza e levando até a boca, mastigou rapidamente, e depois engoliu. Charlie desviou o olhar desconfiado e intrigado. Eu ajudei a Renesmee a comer, ela estava curiosa enquanto cortava o macarrão, depois de provar pareceu gostar e insistiu em comer sozinha. Olhei em volta e vi Alice ciscando com garfo em seu prato, Emmett comia a pizza ao mesmo tempo em que tentava esconder as caretas, o que não fazia com sucesso. Eu olhei para o meu prato, não parecia tão ruim assim, provavelmente estaria melhor do que da última vez que provei. Eu desenrolei os talheres, peguei meu garfo, e espetei um ravióli. Eu coloquei na boca, mastigando enquanto tentava distinguir o sabor. Os cogumelos tinham um gosto estranho, como se fosse terra, terra havia sido a palavra que Edward usou quando mordeu aquele pedaço de pizza no ano em que
cheguei a Forks, a textura grudenta da massa fazia cócegas na minha língua. Eu engoli rapidamente e bebi um gole da coca antes de olhar pra cima, ao fazer isso me deparei com Edward que ria baixinho de mim. Tentei parecer confortável enquanto comia um ravióli de cogumelos que mais parecia argila. Desviei a atenção do meu prato e encarei Edward e Emmett que sussurravam algo. Com um movimento rápido, Edward trocou seu prato cheio com o de Jacob. Jacob fingindo que nada acontecera começou a comer o grande pedaço de pizza que aparecera no seu prato antes vazio. Olhei para Renée e Charlie, mas eles não olhavam em nossa direção estavam distraídos conversando com meu Esme. Voltei à visão para Edward que ria baixinho da minha expressão.

- Está gostoso seu ravióli? Perguntou Emmett abafando uma risada, enquanto passava seu prato disfarçadamente para Edward que trocou pelo vazio de Jacob. Eu olhei para Jacob e para Charlie, voltei a encarar Jacob.

- O que? Eu estou com fome! Protestou ele num sussurro com a boca cheia de pizza. Alice e Rosalie já haviam acabado de comer. Jasper provavelmente também havia dado sua pizza para Jacob, retornei à comer o pouco que faltava do meu ravióli com gosto de terra.

- Posso tomar sorvete agora? Perguntou uma doce voz ao meu lado. Virei e minha pequena princesa me olhava com seus grandes e profundos olhos castanhos ansiosos pela resposta.


- Claro. Falei sorrindo, com um gesto Edward chamou a garçonete que prontamente fez o pedido e saiu. Voltou alguns minutos depois trazendo um pequeno prato com duas bolas de sorvete de chocolate com uma cobertura marrom liquido caindo ao redor das curvas das grandes bolas geladas. Renesmee devorou com felicidade terminando toda melada. Terminei meu ravióli ao mesmo tempo em que ela acabou seu sorvete, eu a peguei e levei ao banheiro. O pequeno banheiro era claro, em comparação com o resto do ambiente, havia um grande espelho na parede, peguei Renesmee no colo e eu fui até a pia com, ligando-a e limpando sua boca suja de sorvete da pequena que me observava curiosa.

- Com sono? Perguntei ao vê-la coçando os olhos com suas pequenas mãos fechados parecendo duas bolinhas muito brancas em contraste com o tom escuro da blusa que usava, as longas mangas estavam sujas de sorvete e molho, apanhei dentro da bolsa uma blusa limpa e a troquei, ela respondeu com um aceno positivo depois de um grande bocejo. Assim que acabei de trocá-la guardei a blusa suja na bolsa que coloquei no ombro, estendi os braços para ela que se jogou envolvendo meu pescoço com seus pequenos e quentes braços. Antes que pudesse sair do banheiro minha mãe entrou.

- Bella! - Falou sorrindo – Gostei do restaurante, vocês vem sempre aqui? Indagou enquanto ia até a pia lavar as mãos.

- Sim. – Respondi me aproximando.

- Estou tão feliz por você. Ela declarou virando para pegar minha mão, o toque gelado não a causou nenhuma reação.

- Estou feliz por você ter vindo. Eu anunciei sorrindo.

- Vamos a pequena está cansada. Ela me puxou depois de passar a mão carinhosamente nos cabelos de Renesmee. Minha mãe me conduziu direto para fora do restaurante, onde todos esperavam pacientemente por nós. Esme e Carlisle se ofereceram para levar Charlie e Renée para casa. Despedi-me de minha mãe com a promessa que a veria no outro dia. Ela deu um rápido beijo de boa noite em mim e em Renesmee que já estava meio adormecida no meu colo.

Assim que meus pais e a acompanhante de Charlie entraram no carro com Esme e Carlisle, Alice chegou ao meu lado e pegou Renesmee do meu colo a ajeitando agilmente em seus braços.

- Alice o que você...

- Divirtam-se. Ela falou para mim e para Edward, e virou-se e entrou no carro de Rosalie.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meg Chastity Raven
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 22
Número de Mensagens : 64
Data de inscrição : 01/04/2009
Localização : Na ilha de Esme, com Edward

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 11:58

Ahh, amo Campos.
Voce escreve muito bem, e as personagens estao definitivamente la =D
Estou gostanto e muuito =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 16:30

caaampi to amanu continuuua logo se nao rte espanko ahuuhash
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 18:16

brigadaa Very Happy vixe o.o depois dessa ameaça posto sim sahsuahsuahsuah

O sete é o menorzinhu ate agora.rsrs bem, aqui esta:

07.

- Vamos dar uma volta? Perguntou a voz aveludada atrás de mim. Sem nenhuma palavra apenas um sorriso segui Edward até o carro. Ele Ligou o carro e começou a andar.

-Quer comemorar uma coisa comigo?

-O que você está comemorando? Retruquei

-Estou celebrando a oportunidade finalmente ficar a sós com minha esposa.

- Todas as noites ficamos a sós. Contestei rindo.

- Mas essa noite será diferente. Falou com meu sorriso preferido.

- Ok. Eu sorri, abri a janela do carro para deixar entrar o ar. Eu me sentia sufocada, e o vento frio era um alívio. O vento acariciava a minha pele quando batia no rosto.Ele Ligou o rádio. Uma voz grave, baixa e melodiosa, se espalhou pelo carro.

- Onde estamos indo? Seus lábios se contorceram enquanto ele ainda olhava para a estrada. Fiz um bico ao perceber que ele não iria responder. Seus olhos dourados, gentis, mas intensos prenderam os meus, e eu perdi a linha de pensamento. Eu continuei olhando pra ele até que ele virou o olhar.

- Calma. – Respondeu rindo baixinho. – Estamos quase chegando. Eu observei os faróis virando com as curvas na estrada. Eles se moviam rápido demais, passávamos zunindo por supermercados, lojas de roupas, casas e pequenos restaurantes. Como uma noite de sexta normal, havia muitas pessoas na rua apesar de já passar das onze. Em poucos minutos estávamos estacionando na frente do The Rose Theatre. Lembro que Charlie uma vez mencionara que o Rose Theatre sempre passava filmes antigos e clássicos as sextas e sábados.

- Hoje vi no jornal que Casablanca estava na sessão das onze e meia. - Explicou ele a me ver perplexa. Casablanca era um dos meus clássicos favoritos e ela sabia disso, ele estava ao meu lado enquanto chorava na parte em que Sam toca “As Time Goes By” para Ilsa , na última vez que vi . – Vamos? Ele convidou com um sorriso deslumbrante ao me estender a mão já ao abrir a porta pra mim.

- A sessão começará em cinco minutos. – Anunciou a bilheteira sendo estranhamente educada. – Bom filme. Desejou entregando as entradas para Edward pelo pequeno buraco no vidro de sua cabine.

- Obrigada. Boa noite. Respondi.

Entramos e o cinema estava um tanto vazio apesar da grande movimentação lá fora. Caminhamos de mãos dadas até a sala quatro, ao entrar me surpreendi. A sala estava quase lotada, havia somente alguns lugares vazios. Por sorte, havia dois assentos livres em no meio da sala. Edward me guiou até eles e o ocupamos. Ele virou para mim com uma expressão divertida e disse:

- Você quer pipoca? Antes que eu pudesse responder as luzes se apagaram e o filme começou. Ele colocou o braço a minha volta me apertando contra ele.

Já no final do filme enquanto ouvia Humphrey Bogart dizendo "Nós sempre teremos Paris. De repente senti sua respiração em meu rosto e inclinei à cabeça. Cada músculo de meu corpo se esticava.

- Nós sempre... - Edward cochichou ao meu ouvido, sua voz soava em meus ouvidos como a mais bela canção. Pensei que fosse terminar a frase com "teremos Paris", mas ele não o fez...

- Nos teremos para sempre.

Estiquei o braço e peguei sua mão, apertando tão forte quanto podia. Quando me virei, ele gentilmente me acariciou o rosto, desenhando o contorno de meus lábios.

- Eu te amo. – murmurei.

- Eu te amo. – murmurou ele também.

Nós nos beijamos enquanto o filme terminava. O beijo dele era gentil e intenso, no momento que senti aqueles lábios macios tocarem o meu me esqueci completamente de onde estávamos. Nada mais existia. O mundo era só Edward e eu...eu e Edward...Tudo o mais era evaporando-se no ar, quanto mais ficávamos juntos, mais nosso beijo se aprofundava.

As luzes se acenderam. Nós ainda nos beijávamos. Só paramos quando todos no cinema começaram a aplaudir espontaneamente. Olhamos um para o outro com ar cúmplice Edward apenas sorriu e eu tive aquela antiga sensação de que estava corando, meu olhar ainda preso ao seu. Depois que todos saíram do cinema, Edward me tomou pela mão e me puxou da cadeira. Andamos pelo corredor estreito abraçados, caminhamos até o carro, eu sorria feito uma boba.

A volta para casa foi curta, além de Edward dirigir muito rápido, a conversa fez com que parecesse mais rápida. Passamos por Forks e seguimos a estrada que levava para a casa dos Cullens. Ao avistar a casa, tudo parecia normal, a luz da sala estava acessa, podia ouvir o grande coração de Jacob bombeando sangue na sala junto com o resto de minha família, ouvia a respiração calma de Renesmee no quarto de cima, o antigo quarto de Edward, provavelmente já estivesse dormindo. Havia três grandes lobos sentados na frente da casa, reconheci assim que nos aproximamos mais, eram Leah, Seth e Quill. Edward antes calmo e sorridente ficou rígido ao meu lado. Esta era uma reação que eu conhecia bem.

- O que houve? Perguntei com o medo crescendo dentro de mim.

- Vamos. Ele falou estacionando o carro onde estávamos e saindo do seu lugar, eu o segui ele tomou-me pela mão e caminhamos apressadamente para casa. Tentei sorrir ao passar pelos enormes lobos que nos encaravam, antes de chegarmos a porta, ela se abriu e mostrou Carlisle com olhos preocupados.

- Conte-me tudo. Edward ordenou olhando para Jacob assim que entramos na sala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 19:02

continua campi v.v ela para nu melhor da fic
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 19:09

to entrando todos os dias so pra ver se tem mais...
tudooooooooo de bommmmmmmmm
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 19:21

>} ai eu qro maiss...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Qui 07 Maio 2009, 19:27

Campi! amo ler as coisas que vc escreve...
vc e perfeita! adoro vc Very Happy
(Campi)
escreve mais...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Campi
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 26
Número de Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/04/2009
Localização : Brazil

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Sex 08 Maio 2009, 14:00

*---* brigadaaa lindaa
Vou postar hoje de noite, to aki tentando escrever um conto de crepusculo pra um concurso q ta tendo no twilightfis Very Happy *me desejem sorte* shuahsua
se o conto sai posto aki no forum tb Very Happy
beijooos.
e brigaadão pelos comentarios *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Crazymoom
Voando para o Brasil
Voando para o Brasil


Idade : 23
Número de Mensagens : 617
Data de inscrição : 15/01/2009
Localização : Seattle

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Sex 08 Maio 2009, 14:15

campi pooosta *=*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Sab 09 Maio 2009, 00:12

boa sorte (campi) vc e muito talentosa sei que consegue...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elabella
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 28
Número de Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : BeléM-Pará BRASIL

MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Sab 09 Maio 2009, 00:15

quero saber do resultado hem!
boa sorte!
boa sorte!
boa sorte!
boa sorte!
bjsssssss fofa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}   Hoje à(s) 02:44

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[FIC] You and Me {PósBreakingDawn | Ed&Bells | Em&Rose | Jaz&Lice}
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Bruxos da Era Potter
» Fichas: Os Street Fighters
» Guns N' Roses
» Ficha Simples: Nível 01 - Ambrose Sygyn Hel - Smart
» Red Rose Casino

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Doce Vampiro :: FORKS NEWS :: FanFics-
Ir para: