Doce Vampiro
BEM VINDO!!!!

Registre-se, ou faça seu login, e divirta-se conosco!!!
Doce Vampiro

Quando o leão se apaixona pelo cordeiro...
 
InícioInício  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Rising Sun(Sol Nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 21:15 por janaisantos

» NightFall Continuação da Fic Rising Son (Sol nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 20:23 por janaisantos

» Cullen Favorito (fora o Ed)
Seg 20 Maio 2013, 02:10 por Claudia Coleridge

» Se você pudesse viver para sempre, pelo que valeria a pena morrer ?
Sex 26 Abr 2013, 07:51 por saracullen

» New Night .... trilhando novos caminhos
Sex 26 Abr 2013, 07:29 por saracullen

» Nova por aqui!
Ter 19 Mar 2013, 21:42 por Vitoria Lazar

» Recém Chegada
Ter 19 Mar 2013, 21:38 por Vitoria Lazar

» Parede de sangue
Ter 08 Jan 2013, 08:44 por Marina cullen

» O Vampiro que descobriu o Brasil
Qua 21 Nov 2012, 18:32 por Ivinny Viana Barbosa

» Vampirismo
Ter 20 Nov 2012, 19:18 por Gaby D. Black

» O que você faria...?
Ter 20 Nov 2012, 18:54 por Gaby D. Black

» [Fic] Sol da meia-noite
Qui 15 Nov 2012, 09:34 por Gaby D. Black

» Qual foi sua cena preferida em Amanhecer ??
Qui 05 Jul 2012, 14:09 por G@by Swan

» Primeiras imagens de Amanhecer - Parte 2
Qui 05 Jul 2012, 13:45 por G@by Swan

» The Emotionless Shadow | Tudo Tem Um Preço
Dom 27 Maio 2012, 18:00 por gisamachado

» FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia
Dom 27 Maio 2012, 15:48 por Tânia

» Solstice, the sequence of Blizzard | Por mais escura que tenha sido á noite, o sol sempre vem pela manhã.
Dom 27 Maio 2012, 14:46 por Yasmim L

» As mudanças do cabelo de Edward
Qua 23 Maio 2012, 22:09 por celina62

» O que você mudaria no Rob?
Sab 14 Abr 2012, 20:48 por Marina cullen

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum Irmão

Compartilhe | 
 

 Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Sally Owens
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 665
Data de inscrição : 19/07/2008
Localização : Sentada, na frente do PC, gestando.

MensagemAssunto: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Seg 21 Jul 2008, 10:44

O telefone no meu bolso vibrou de novo. Era a vigésima quinta vez em vinte e quatro horas. Eu pensei em abrir o telefone, pelo menos pra ver quem estava tentando entrar em contato comigo. Talvez fosse importante. Talvez Carlisle precisasse de mim.
Eu pensei nisso, mas eu não me movi.
Eu não estava precisamente certo de onde eu estava. Algum sótão onde eu só podia me arrastar, cheio de ratos e baratas. As aranhas me ignoraram, e os ratos me deram bastante espaço. O ar estava pesado com os cheiros fortes de óleo de cozinha, carne rançosa, suor humano, e a camada praticamente sólida de poluição que na verdade era visível no ar úmido, como se fosse uma camada preta por cima de tudo.
Abaixo de mim, quatro andares de uma habitação raquítica do gueto estavam atreladas de vida. Eu não me importei em separar os pensamentos das vozes - elas faziam um grande barulho, alto em Espanhol que eu não escutava. Eu só deixei os sons saltarem por cima de mim. Inexpressivo. Tudo isso era inexpressivo. Minha própria existência era inexpressiva. O mundo inteiro era inexpressivo.
Minha testa estava pressionada nos meus joelhos, e eu me perguntei quanto tempo mais eu seria capaz de agüentar tudo isso. Talvez isso tudo fosse desesperançado.
Talvez, se a minha tentativa já estava mesmo predestinada ao fracasso, eu devia parar de me torturar e simplesmente voltar...
A idéia era poderosa, tão curativa - como se as palavras contivessem um forte anestésico, levando embora a montanha de dor na qual eu estava enterrado - que me deixou ofegante, me fez ficar tonto.
Eu podia ir embora agora, eu podia voltar.
O rosto de Bella, sempre atrás das minhas pálpebras, sorriu pra mim.
Era um sorriso de boas vindas, de perdão, mas ele não teve o efeito que o meu subconsciente provavelmente esperava que ele tivesse.
É claro que eu não podia voltar. O que era a minha dor, afinal, em comparação com a felicidade dela? Ela devia ser capaz de sorrir, livre do medo e do perigo. Livre de esperar por um futuro sem alma.
Ela merecia mais que isso. Ela merecia mais que eu. Quando ela deixasse esse mundo, ela deveria ir para um lugar melhor que foi pra sempre trancado pra mim, não importava o quanto eu me comportasse bem aqui.
A idéia da separação final era muito mais intensa do que a dor que eu já sentia. Meu corpo tremeu com ela. Quando Bella fosse para o lugar onde ela pertencia e eu nunca poderia ir, eu não ficaria pra trás aqui. Deve haver o esquecimento. Deve haver o alívio.
Essa era a minha esperança, mas não haviam garantias. Dormir, por acaso sonhar.
Sim, há a dor, eu citei para mim mesmo. Quando eu virasse cinzas, será que mesmo assim de alguma forma eu ainda sentiria a tortura da perda dela?
Eu estremeci de novo.
E, maldição, eu havia prometido. Eu havia prometido a ela que nunca mais assombraria a sua vida, trazendo os meus demônios negros pra dentro dela. E eu não ia dar pra trás com a minha palavra. Será que eu não podia fazer nada de correto por ela? Absolutamente nada? A idéia de voltar para a cidadezinha nublada que sempre foi o meu verdadeiro lar nesse planeta serpenteou os meus pensamentos de novo.
Só pra checar. Só pra ver de ela está bem e a salvo e feliz. Não pra interferir. Ela nunca saberia que eu estava lá...
Não. Droga, não.
O telefone vibrou de novo.
-Maldição, maldição, maldição-, eu rosnei.
Eu podia usar isso como distração, eu pensei. Eu abri o telefone e olhei o número que estava registrado e senti o primeiro choque que havia sentido em meio ano.
Porque Rosalie estaria ligando pra mim? Ela provavelmente era a única pessoa que estava aproveitando a minha ausência.
Devia estar acontecendo alguma coisa realmente errada se ela estava precisando falar comigo. Repentinamente preocupado com a minha família, eu apertei o botão pra atender. -O que?-, eu perguntei tensamente.
-Oh, uau. Edward atendeu o telefone. Eu me sinto tão honrada-.
Assim que eu ouvi o tom dela, eu soube que minha família estava bem. Ela devia estar só entediada.
Era difícil saber as motivações dela sem ter os seus pensamentos como guia. Rosalie nunca fez muito sentido pra mim. Os impulsos dela geralmente eram baseados nas lógicas mais enroladas.
Eu fechei o telefone.
-Me deixe em paz-, eu sussurrei pra ninguém.
É claro que o telefone vibrou de novo.
Será que ela continuaria ligando até ter passado qualquer que fosse a mensagem que ela estava planejando pra me chatear? Provavelmente. Iam demorar meses até que ela se cansasse desse joguinho. Eu brinquei com a idéia de deixar ela apertar o botão de re-discagem pelo próximo anos inteiro... e depois eu suspirei e atendi o telefone de novo. -Acaba logo com isso-.
Rosalie se apressou nas palavras. -Eu pensei que você ia gostar de saber que Alice está em Forks-.
Eu abri os meus olhos e encarei as vigas de madeira corrida que ficavam a três centímetros do meu rosto.
-O que?-, minha voz estava vazia, sem emoção.
-Você sabe como Alice é - ela acha que sabe tudo. Como você.- Rosalie gargalhou sem humor. A voz dela tinha uma pontada de nervosismo, como se ela de repente estivesse insegura sobre o que estava fazendo.
Mas a minha raiva não deixou eu me importar em saber qual era o problema de Rosalie. Alice havia jurado que seguiria as minhas instruções em consideração á Bella, apesar dela não concordar com a minha decisão. Ela prometeu que deixaria Bella em paz... enquanto eu deixasse. Claramente ela achava que um dia eu ia me render á dor. Talvez ela estivesse certa em relação á isso.
Mas eu não havia. Ainda. Então o que ela estava fazendo em Forks? Eu queria torcer o pescoço magrelo dela. Não que Jasper fosse me deixar chegar assim tão perto dela, quando ele sentisse o poder da fúria em mim...
-Você ainda está aí, Edward?-
Eu não respondi. Eu apertei o osso do meu nariz com as pontas dos meus dedos, me perguntando de um vampiro podia tomar remédio pra dor de cabeça.
Por outro lado, se Alice já havia voltado...
Não. Não. Não. Não.
Eu havia feito uma promessa. Bella merecia uma vida. Eu havia feito uma promessa. Bella merecia uma vida.
Eu repeti as palavras como se fossem uma reza, tentando limpar da minha cabeça a imagem sedutora da janela escura de Bella. A porta de entrada para o meu único santuário. Sem dúvida eu teria que rastejar, quando eu voltasse. Eu não me importava com isso. Eu podia passar a próxima década de joelhos e feliz se eu estivesse com ela.
Não. Não. Não.
-Edward? Você nem se importa com o porque de Alice estar lá?-
-Não particularmente-.
A voz de Rosalie se tornou um pouco presumida agora, agradada, sem dúvida, por haver me forçado a responder. -Bem, é claro que ela não está exatamente quebrando as regras. Quer dizer, você só nos avisou pra que ficássemos longe de Bella, certo? O resto de Forks não importa-.
Eu pisquei meus olhos lentamente. Bella tinha ido embora? Meus pensamentos circularam ao redor dessa idéia inesperada. Ela ainda não havia se formado, então ela devia ter voltado para a mãe. Isso era bom. Ela deveria viver no sol. Era bom que ela tivesse sido capaz de colocar as sombras pra trás dela.
Eu tentei engolir, e não consegui.
Rosalie soltou uma risada nervosa. -Então você não precisa ficar com raiva de Alice-. -Então pra que foi que você me ligou, Rosalie, se não foi pra envolver Alice em problemas? Porque é que você está me incomodando? Ugh!-
-Espere!-, ela disse, pressentindo, com razão, que eu ia desligar o telefone de novo. -Não foi por isso que eu liguei-.
-Então porque? Me diga rápido, e depois me deixe em paz -Bem-, ela hesitou.
-Bota pra fora, Rosalie. Você tem dez segundos-.
-Eu acho que você devia voltar pra casa-, Rosalie disse com pressa. -Eu estou cansada desse pesar de Esme e de Carlisle que não sorri nunca. Você devia se envergonhar muito do que fez com eles. Emmett sente a sua falta o tempo todo e isso já está me deixando nervosa. Você tem uma família. Vê se cresce e pensa em alguém além de si mesmo-.
-Conselho interessante, Rosalie. Me deixe te contar uma historinha sobre um espelho...-
-Eu estou pensando neles, diferente de você. Será que você não se importa nem um pouquinho com o que está fazendo com Esme, se não com os outros? Ela ama mais você do que o resto de nós, você sabe disso. Venha pra casa-.
Eu não respondi.
-Eu pensei que quando essa coisa de Forks estivesse resolvida, você ia superar tudo-.
-Forks nunca foi o problema, Rosalie-, eu disse, tentando ser paciente. O que ela disse sobre Carlisle e Esme tinha atingido uma veia. -Só porque Bella- - era difícil dizer o nome dela em voz alta - -se mudou para a Flórida, isso não significa que eu sou capaz de... Olha, Rosalie.
Eu realmente lamento muito, mas, confie em mim, eu não faria ninguém mais feliz se eu estivesse aí-.
-Umm-
Lá estava, a hesitação nervosa de novo.
-O que é que você não está me contando, Rosalie. Esme está bem? Carlisle está -- -Eles estão bem. É só que... bem, eu não disse que Bella havia se mudado-.
Eu não falei. Eu repassei a conversa na minha cabeça. Sim, Rosalie havia dito que Bella tinha se mudado. Ela tinha dito:... Você só tinha nos avisado pra ficar longe de Bella, certo. O resto de Forks não importa. E depois:Eu pensei que quando essa coisa de Forks estivesse resolvida... Então Bella não estava em Forks. O que ela queria dizer com, Bella não havia se mudado?
Então Rosalie se apressou nas palavras de novo, as dizendo quase com raiva dessa vez. -Eles não quiseram te dizer, mas eu acho isso estúpido. Quanto mais rápido você superar isso, mais cedo as coisas vão voltar ao normal. Pra que deixar você feito um palerma nos esquinas escuras do mundo quando não existe necessidade pra isso?
Você pode voltar pra casa agora. Nós podemos ser uma família de novo. Está acabado-. Minha mente parecia estar se quebrando. Eu não conseguia entender o sentido das palavras dela. Era como se houvesse alguma coisa muito, muito óbvia que ela estava me dizendo, mas eu não tinha idéia do que era.
Meu cérebro brincou com a informação, fazendo estranhos padrões com ela. Sem sentido. -Edward?-
-Eu não entendo o que você está tentando me dizer, Rosalie-.
Uma longa pausa, a duração de algumas batidas de coração humano.
-Ela está morta Edward-.
Uma pausa mais longa.
-Eu... lamento. Porém, você tinha o direito de saber, eu acho. Bella... se jogou de um penhasco há dois dias atrás. Alice viu, mas era tarde demais pra fazer alguma coisa. Mas eu acho que ela teria ajudado, quebrado a palavra dela, se houvesse tido tempo.
Ela voltou pra fazer o que podia por Charlie. Você sabe como ela sempre se importou por ele --
O telefone ficou mudo. Eu levei alguns segundos pra perceber que havia desligado o telefone.
Eu me sentei na escuridão poeirenta com um tempo longo, congelado. Era como se o tempo tivesse acabado. Como se o universo tivesse parado.
Lentamente, me movendo como um homem velho, eu liguei o telefone de novo e liguei para o único número que eu prometi a mim mesmo que nunca ligaria de novo.
Se ela atendesse, eu ia desligar. Se fosse Charlie, eu ia pegar a informação que precisava por algum subterfúgio. Eu ia provar que a piadinha doentia de Rosalie estava errada, e depois ia voltar para o meu vazio.
-Residência dos Swan-, atendeu uma voz que eu nunca tinha ouvido antes. Uma voz de homem rouca, profunda, mas ainda jovem.
Eu não parei pra pensar nas implicações disso.
-Aqui é o Dr. Carlisle Cullen-, eu disse, imitando perfeitamente a voz de meu pai. -Será que eu poderia por favor falar com Charlie?-
-Ele não está aqui-, a voz disse, e eu fiquei levemente surpreso pela raiva contida nela. As palavras foram quase um rugido. Mas isso não importava.
-Bem, onde ele está então?-, eu quis saber, ficando impaciente.
Houve uma curta pausa, como se o estranho estivesse tentando esconder a informação de mim.
-Ele está no funeral-, o garoto finalmente respondeu.
Eu desliguei o telefone de novo.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.sallyowens.multiply.com
Darla
Conhecendo a história de Jasper
Conhecendo a história de Jasper
avatar

Idade : 36
Número de Mensagens : 374
Data de inscrição : 20/07/2008
Localização : À Procura de meu Edward

MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Ter 22 Jul 2008, 15:41

Penso que a Rose poderia ter mais tato para algumas coisas. Para avisos como este, por exemplo. Ela foi meio sem noção, egoísta e cruel. Como se a Bella não fosse importante para o Edward. Mas a Rose é complicada mesmo, e aí ela meteu os pés pelas mãos bem bonito. Quando li este extra fiquei pensando, será que ele não poderia ser reaproveitado no livro com a visão do Ed? Até que ponto será que o livro vai? Será que vão ser todos na visão dele, ou será uma compilação dos melhores momentos?

_________________




DARLA VON KÖRPER
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://darlavonkorper.multiply.com/
Livinha
Manda Chuva
Manda Chuva
avatar

Idade : 31
Número de Mensagens : 929
Data de inscrição : 20/07/2008
Localização : Treinando luta com os lobisomens

MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Ter 22 Jul 2008, 18:38

Bem, que a Rosalie ama seu próprio umbigo, não é novidade...
mas, realmente, ela foi totalmente cruel em dar essa notícia..nem parece que realmente se importa com o Edward..ela não gostar da Bella é uma coisa, mas fazer isso com o irmão... humf!

_________________


Mio cantante...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://livinha1.multiply.com
TataDeBH
Testemunhando o acordo de Edward e Jacob
Testemunhando o acordo de Edward e Jacob
avatar

Idade : 27
Número de Mensagens : 1100
Data de inscrição : 19/01/2009
Localização : BH-MG

MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Sex 06 Fev 2009, 19:12

E a coisa mais perfeita do mundo em meio a ratos?

Tadinho dele....quase chorei nessa! Amei o extra.

Acho que a Sthephenie vai acabar lançando um New Moon de quase 1000 páginas, meio q condensando a história toda.
FANTÁSTICO!

;p
Voltar ao Topo Ir em baixo
tanya
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 26
Número de Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/05/2009
Localização : porto- portugal

MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Sab 23 Maio 2009, 19:40

ralamente a rose nao foi muito legal com o edward. puxa eles sao irmaos, e ele amava bella, como rose foi capaz de dar uma noticia assim?
eu ja li o new moon mas nao vi esta parte (este texto), ele faz parte do midnight sun, o livro da prespectiva de edward?

gostaria que me pudessem informar assim que possivel =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pâmela Cullen
Ouvindo as lendas Quileute
Ouvindo as lendas Quileute
avatar

Idade : 24
Número de Mensagens : 54
Data de inscrição : 04/05/2009
Localização : Indaial

MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   Dom 24 Maio 2009, 08:20

Bem, que a Rosalie ama seu próprio umbigo, não é novidade...
mas, realmente, ela foi totalmente cruel em dar essa notícia..nem parece que realmente se importa com o Edward..ela não gostar da Bella é uma coisa, mas fazer isso com o irmão... humf![2]


Bem que ela poderia cuidar do seu próprio nariz!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Extras de New Moon (7): Notícias de Rosalie
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Atualização de Poderes e Habilidades Extras
» Chars Harvest Moon
» [LEAK] Troye Sivan - Blue Moon
» Pokémon Sun e Pokémon Moon confirmados!
» Projeto Harvest moon Adventure

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Doce Vampiro :: LIVROS :: Lua Nova-
Ir para: