Doce Vampiro
BEM VINDO!!!!

Registre-se, ou faça seu login, e divirta-se conosco!!!
Doce Vampiro

Quando o leão se apaixona pelo cordeiro...
 
InícioInício  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Rising Sun(Sol Nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 21:15 por janaisantos

» NightFall Continuação da Fic Rising Son (Sol nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 20:23 por janaisantos

» Cullen Favorito (fora o Ed)
Seg 20 Maio 2013, 02:10 por Claudia Coleridge

» Se você pudesse viver para sempre, pelo que valeria a pena morrer ?
Sex 26 Abr 2013, 07:51 por saracullen

» New Night .... trilhando novos caminhos
Sex 26 Abr 2013, 07:29 por saracullen

» Nova por aqui!
Ter 19 Mar 2013, 21:42 por Vitoria Lazar

» Recém Chegada
Ter 19 Mar 2013, 21:38 por Vitoria Lazar

» Parede de sangue
Ter 08 Jan 2013, 08:44 por Marina cullen

» O Vampiro que descobriu o Brasil
Qua 21 Nov 2012, 18:32 por Ivinny Viana Barbosa

» Vampirismo
Ter 20 Nov 2012, 19:18 por Gaby D. Black

» O que você faria...?
Ter 20 Nov 2012, 18:54 por Gaby D. Black

» [Fic] Sol da meia-noite
Qui 15 Nov 2012, 09:34 por Gaby D. Black

» Qual foi sua cena preferida em Amanhecer ??
Qui 05 Jul 2012, 14:09 por G@by Swan

» Primeiras imagens de Amanhecer - Parte 2
Qui 05 Jul 2012, 13:45 por G@by Swan

» The Emotionless Shadow | Tudo Tem Um Preço
Dom 27 Maio 2012, 18:00 por gisamachado

» FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia
Dom 27 Maio 2012, 15:48 por Tânia

» Solstice, the sequence of Blizzard | Por mais escura que tenha sido á noite, o sol sempre vem pela manhã.
Dom 27 Maio 2012, 14:46 por Yasmim L

» As mudanças do cabelo de Edward
Qua 23 Maio 2012, 22:09 por celina62

» O que você mudaria no Rob?
Sab 14 Abr 2012, 20:48 por Marina cullen

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum Irmão

Compartilhe | 
 

 Heróis literários

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Sally Owens
Admin
Admin


Número de Mensagens : 665
Data de inscrição : 19/07/2008
Localização : Sentada, na frente do PC, gestando.

MensagemAssunto: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 09:44

A idéia surgiu quando comecei a ler os últimos posts da Ata de exclusão.

Que tal a gente apresentar aqui os nossos heróis literários? Acho que isso pode acabar sendo uma excelente dica para direcionar nossas leituras.
Minha sugestão é a seguinte.

Apresenta o nome do herói, o livro, o autor, o descreve e, se for possível, coloca um trechinho do livro que mostre essa personalidade, isto é, aquele trechinho que, de alguma forma te cativou.

O que acham?

Eu vou terminar meu capítulo da Floresta e já posto um dos meus. Se alguém quiser começar antes...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.sallyowens.multiply.com
Naty Stackhouse
Apreciando noites perfumadas na ilha
Apreciando noites perfumadas na ilha


Idade : 23
Número de Mensagens : 759
Data de inscrição : 20/07/2008
Localização : Organizandoi o fórum de seriados!

MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 12:02

Excelente idéia Sally, mas antes uma perguntinha: HP e Twlight ñ contam neh?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://pichitinha.bloggeiros.net
Sally Owens
Admin
Admin


Número de Mensagens : 665
Data de inscrição : 19/07/2008
Localização : Sentada, na frente do PC, gestando.

MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 12:32

Bem, esse não é um tópico para brigas pela posse de ninguém, apenas para dizer o que em cada personagem nos cativou. Nem sempre é o mesmo para todo mundo. Nesse caso, acho que HP e Twilight estão valendo sim.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.sallyowens.multiply.com
Naty Stackhouse
Apreciando noites perfumadas na ilha
Apreciando noites perfumadas na ilha


Idade : 23
Número de Mensagens : 759
Data de inscrição : 20/07/2008
Localização : Organizandoi o fórum de seriados!

MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 12:57

Ebaaa!

Então, aqui vai o meu de HP!!! (Contem spoilers dos sete livros, talvez alguém se importe de ler)


Remus Lupin é provavelmente um dos personagens ao qual eu mais gosto em Harry Potter de J.K. ROwling (Ou simplesmente tia Jô). Ñ posso somar isso ao fato de ele ser lindo, charmoso, garanhão, metido e coisas mais, pois ele ñ eh nada disso.

Lupin é um homem que carrega o fardo de ser um lobisomem (O q eh bem diferente dos lobisomens de twlight) e de ter, em sua vida, tido muitas perdas.
Na adolescência perdeu seus três melhores amigos e sua melhor amiga. Anos depois descobriu que na verdade a história que ele conhecia e estava errada, então ele consegue um de seus amigos de volta. Dois anos depois este eh tirado de si novamente, e dessa vez dessa verdade, ele morre. Lupin se vê novamente uma pessoa solitária sem nenhum real e importante sentido pra viver, mas continua seguindo em frente para ajudar o filho de seu melhor amigo.

No ano em q ele perde Sirius (Seu amigo), ele encontra alguém q possa ajudá-lo a superar tudo, mas ele ñ quer se envolver, pois além de ela ser muito mais nova, ele era perigoso, e mesmo querendo ficar com ela, ele se afasta.

Ele se vê mais feliz quando percebe que ela está disposta a tudo para ficar com ele, ñ importa o q aconteça, e ele vê que pode ser feliz de novo, mas essa felicidade ñ dura.

Em uma dura batalha pela sobrevivencia geral ele a vê morrer, em sua frente, e tentando vingança, acaba morto também.


Ñ sei dizer o q me chama tanta atenção em Remus lupin, talvez seja o fato de que, apesar de tudo, ele está lá para ajudar todos q precisam, ou talvez pq ele ñ procurava o próprio bem, mas sim o dos outros.

Eu sei q eh um personagem que eu sempre adorei e sempre vou adorar.

Trechinho eu posto depois, pq eu to sem meus livros aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://pichitinha.bloggeiros.net
Sally Owens
Admin
Admin


Número de Mensagens : 665
Data de inscrição : 19/07/2008
Localização : Sentada, na frente do PC, gestando.

MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 13:19

Excelente!!

Minha vez.

Vou atrás de um que me conquistou há mais de uma década.

Seu nome é Felipe, ele era chefe da guarda da Prinncesa russa Ana, que foi trazida para a França para se casar com o rei Henrique primeiro. Isso por volta de 1050. Ana tinha o dom de fazer vários hones apaixonarem-se por ela, mesmo que ela não fosse muito consciente disso. Ela não conseguiu isso com o marido, nem tentou, afinal, ele preferia rapazes. Mas ela mesma, só amou um: Felipe.

Quando ela foi entregue aos franceses, ela achou que nunca mais o veria. Felipe, porém, desertou a corte russa para continuar perto de sua amada. Ele desfigurou o prórpio rosto à faca, depois, urrando de dor caiu sobre uma fogueira. Sua deformidade passou a afastar todos dele, mas como ele era um grande guerreriro foi aceito no exército. Mais tarde, quando ele se torna amigo de Willian, o Conquistador (o normando que tomou a Ingleterra), o jovem rei lhe manda fazer uma máscara de prata, forrada de veludo. Dá lhe as feições de um anjo, pois, conhecendo Felipe e sua história, é o que ele pensa que o amigo é.

O romance se chama Sob o Céu de Novgorod e a autora é Régine Deforges.

Trecho

"Ana teve um sobressalto.
- É você, Felipe? Você me assustou.
- Desculpe. Os convidados do príncipe especulam sobre sua ausência e receiam tê-la aborrecido com o relato de suas batalhas.
- Mas que idéia! Relatos desse tipo nunca me aborrecem.
- pensei que moças preferissem as histórias de amor.
Felizmente estava escuro e ele não podia vê-la corar. Ana assumiu um tom desenvolto para responder:
- É possível, mas não é o meu caso. Isso incomoda você?
- Incomoda.
A noite não permitia ver o rosto do jovem, apenas seus olhos brilhavam e pareciam querer penetrar nos de Ana.
- Não me olhe assim.
- Desculpe... mas muito em breve não a verei mais.
- Cale-se! Ordeno que não fale mais nada.
- Pode ordenar o quanto quiser, eu não vou obedecer."



Ai... ai... suspira.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.sallyowens.multiply.com
Cassandra Wisney
Sem Edward
Sem Edward


Número de Mensagens : 200
Data de inscrição : 05/08/2008
Localização : No refeitório da escola assistindo ao primeiro encontro de Bella e Edward

MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Seg 08 Set 2008, 15:05

Oh, meu Jesus Cristinho, quem é esse cidadão!!!

Depois eu falo do meu mais novo herói, não sei se posso chamá-lo assim depois do final inesperado do livro e que eu espero muito mesmo que tenha uma continuação...

Seu nome é: Gabriel Netherby ou Gabe para os íntimos.
O livro chama-se: Soul Love: a noite o céu é perfeito
A autora é a: Lynda Waterhouse.
O que posso dizer é que ele tem grandes semelhanças com Edward Cullen. Tão nobre, tão cavalheiro e tão, tão, tão lindo!!!!
Não é um vampiro, mas tem um segredo que esconde de todos.

Trecho:

Quando me levantei, de repente comecei a me questionar. Em primeiro lugar, o que eu pretendia com aquele encontro? Depois do jeito como ele me tratou, era perfeitamente possível que nem estivesse la fora, e eu teria de me esconder em algum canto escuro por uma hora ou mais para salvar as aparências antes de voltar. Ou quem sabe ele estaria ali, ansioso por minha chegada, cheio de explicações e desculpas esfarrapadas, tentando me beijar.
Minha cabeça zunia quando saí de casa e fui para o lugar combinado.
Ele estava à minha espera. Estendeu as mãos e sussurrou:
- Sinto muito por meu comportamento hoje à tarde. Sou um fiasco em público.
Caminhamos em silêncio pelo campo aberto, na direção da casa da árvore de Aurora. Então resolvi dizer algumas coisas:
- Sua casa não é exatamente pública. O salão da cidade é. O mercado também.
- Gosto do jeito como sua boca se movimenta quando você diz “pública”.
- Um simples sorriso e um olá teriam sido tão difíceis assim?
- Sim. Quero conhecer você sem qualquer tipo de pressão. E aí, a quiche de cogumelos estava boa? Achei-a um pouco esponjosa.
- Você me lembra um cogumelo silvestre.
- Porque sou selvagem e gostoso?
- Porque ninguém o vê durante o dia, e à noite você surge do nada, seu cogumelo!
Já estávamos rindo, mais descontraídos. É difícil odiar alguém que nos faz rir.
Gabe suspirou:
- Não gosto que papai e Isobel saibam de todas as minhas jogadas.
- Quer dizer que encontrar-se comigo é uma jogada?
Gabe deu uma resposta dolorosa:
- Pode ser.
Sentei na grama.
- Estou vendo como é um saco morar num lugar onde todos sabem o que é que você pretende fazer da sua vida.
- Pensam que sabem – corrigiu Gabe. – Odeio quando essa gente cria hipóteses sobre quem você é.
Lembrei-me de Sarah, do vaso e da rapidez com que ela me julgara. O mesmo acontecera na escola e com a mãe de Mia. Todos jogaram a culpa em mim.
- Deve ser difícil viver em uma cidadezinha assim. Gabe, prometo que nunca vou criar hipóteses a seu respeito.
- Isso é muito importante pra mim, Jenna – a voz dele tremeu quando ele falou.
Olhei para o alto. A noite estava clara e cheia de estrelas, como se alguém tivesse jogado purpurina sobre um fundo azul-marinho.
- Podemos continuar nos encontrando á noite? Ir devagar com as coisas e mantê-las em segredo? Podemos ter um tempo só nosso, Jenna? – disse Gabe baixinho. Ele estava encostado em uma árvore e olhava as estrelas.
Resolvi ignorar todas as duvidas que tomavam conta de mim e rasguei mentalmente o interrogatório que pretendia fazer. Gabe era um risco que decidi correr.
- Tudo bem! Teremos um tempo só nosso – respondi.
Gabe gritou de alegria e se pôs a correr em volta da árvore.
- Quer dizer que algum dia você vai ser lorde Netherby? – perguntei, fazendo uma reverência.
Ele estendeu uma das mãos para me pegar:
- Talvez. E você, gostaria de ser minha lady?
Não deixei que ele me pegasse:
- Pensei que já fosse...
Gabe se aproximou e acariciou meus cabelos:
- Uma lady com cabelos da cor de pêlo de raposa.
- Mas as pessoas matam raposas por aqui, não?
- Só se elas não se comportarem direito.
Ele acariciou meus cabelos novamente. Fiz o mesmo com os dele e saí correndo. Ele demorou muito a me alcançar e, quando conseguiu estava quase sem respiração.
- Talvez seja uma boa fazer ginástica três vezes por semana – ri enquanto Gabe, sentado num banco, esperava a respiração normalizar.
- Tive um problema de saúde na semana passada. Como você deve saber, nós, aristocratas, somos criaturas frágeis.
Sentei-me ao lado de Gabe. Ele passou o braço pelo meu ombro.
- Sei, sim. Ir à farmácia é coisa de gente comum. A sra. MacLean faz as entregas pessoalmente na sua casa! – brinquei.
Ele não respondeu com nenhuma brincadeira, como pensei que fosse fazer. Senti seu braço ficar tenso, e a atmosfera entre nós mudou.
Depois de um longo e constrangedor silêncio, levantei e disse:
- Acho bom voltar pra casa.
Gabe me puxou para o banco:
- Fique mais um pouco. A noite está tão linda.
Sentei-me de novo. Havia no ar um cheiro fresco e gostoso, como de roupa recém-lavada. Não o cheiro de poluição do ar de Londres.
- Aqui tem muito mais céu – falei. – A gente não se sente tão pequena...
- Platão diz que a astronomia força a alma a olhar para o alto e nos leva de um mundo para outro.
- E eu que pensava que as estrelas fossem coisas pequenas e cintilantes!
- São muito mais que isso. Em primeiro lugar, elas têm cores diferentes.
- Para mim, todas parecem cor de prata.
- Se você olhar pelo telescópio, verá que algumas são cor de laranja, outras amarelas ou vermelhas, dependendo da temperatura de sua superfície.
Gabe olhou para mim:
- Isso está lhe parecendo conversa de nerd? Até para mim soou como coisa de quem gosta de parecer inteligente...
Estendi-lhe a mão:
- Vamos lá, seu molenga. Pegue minha mão e trate de levantar daí.
Fiz força como um desses halterofilistas que levantam caminhões. Ele forçou o corpo para continuar sentado. Quando já estava quase de pé, relaxou e caiu sobre mim. Instintivamente, estendi as mãos e, quando vi, estávamos num abraço desajeitado.
- Desculpe meu movimento desastrado – disse ele.
- Parece uma maria-mole – respondi, feliz com a sensação do rosto dele quase colado ao meu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Heróis literários   Hoje à(s) 07:55

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Heróis literários
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vários sites em manutenção ou fora do ar
» Contos dos Heróis
» E se 10 super-heróis fossem mulheres
» Lista de Heróis DC Selecionados
» Preço das armas e acessórios

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Doce Vampiro :: LUA CHEIA :: Literatura-
Ir para: