Doce Vampiro
BEM VINDO!!!!

Registre-se, ou faça seu login, e divirta-se conosco!!!
Doce Vampiro

Quando o leão se apaixona pelo cordeiro...
 
InícioInício  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Rising Sun(Sol Nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 21:15 por janaisantos

» NightFall Continuação da Fic Rising Son (Sol nascente) A história de Renesmee
Sab 24 Maio 2014, 20:23 por janaisantos

» Cullen Favorito (fora o Ed)
Seg 20 Maio 2013, 02:10 por Claudia Coleridge

» Se você pudesse viver para sempre, pelo que valeria a pena morrer ?
Sex 26 Abr 2013, 07:51 por saracullen

» New Night .... trilhando novos caminhos
Sex 26 Abr 2013, 07:29 por saracullen

» Nova por aqui!
Ter 19 Mar 2013, 21:42 por Vitoria Lazar

» Recém Chegada
Ter 19 Mar 2013, 21:38 por Vitoria Lazar

» Parede de sangue
Ter 08 Jan 2013, 08:44 por Marina cullen

» O Vampiro que descobriu o Brasil
Qua 21 Nov 2012, 18:32 por Ivinny Viana Barbosa

» Vampirismo
Ter 20 Nov 2012, 19:18 por Gaby D. Black

» O que você faria...?
Ter 20 Nov 2012, 18:54 por Gaby D. Black

» [Fic] Sol da meia-noite
Qui 15 Nov 2012, 09:34 por Gaby D. Black

» Qual foi sua cena preferida em Amanhecer ??
Qui 05 Jul 2012, 14:09 por G@by Swan

» Primeiras imagens de Amanhecer - Parte 2
Qui 05 Jul 2012, 13:45 por G@by Swan

» The Emotionless Shadow | Tudo Tem Um Preço
Dom 27 Maio 2012, 18:00 por gisamachado

» FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia
Dom 27 Maio 2012, 15:48 por Tânia

» Solstice, the sequence of Blizzard | Por mais escura que tenha sido á noite, o sol sempre vem pela manhã.
Dom 27 Maio 2012, 14:46 por Yasmim L

» As mudanças do cabelo de Edward
Qua 23 Maio 2012, 22:09 por celina62

» O que você mudaria no Rob?
Sab 14 Abr 2012, 20:48 por Marina cullen

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum Irmão

Compartilhe | 
 

 FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 05 Mar 2012, 18:54

Como assim vc já leu minha fic Á Espera da Liberdade??? Jura?? Já leu mesmo?...kkkkkkkkkkkkkk....nem me contou sua boba!!! Espero que tenha gostado!!

Vou postar agora mais um cap. p/ minhas amadas!!!
Como o prometido, eis mais um cap. novo!!! Genteee, tá acabando a fic viu!!!

Vou sentir mta falta de vcs!!!


_______________________________________________________

Capítulo 29 – Rumo ao reencontro

Edward veio em minha direção trazendo um recorte na mão, uma foto...Eu o olhei com olhos ansiosos, eu sentia meu peito doer, quando finalmente senti o pequeno retângulo em minhas mãos e a olhei. Vi a minha Nessie, com uma barriga linda, que carregava o meu filho, um filho que nunca imaginei, ela estava linda demais, os ventos batendo em seu cabelo e pude perceber que seus olhos estavam emocionados, não consegui mais segurar as lágrimas que queriam voltar a descer vergonhosamente, na frente de toda a família dela, meu coração martelava, e a saudade que eu sentia se intensificou nesse momento e eu pude sentir com toda intensidade o quanto aquilo vinha me matando com o tempo, provavelmente se eu não estivesse com sua família, tão engajado em conseguir uma chance de salvá-la, eu já teria sucumbido a depressão, até talvez a morte, minha mãos tremiam enquanto eu tentava inutilmente secar lágrima por lágrima que descia copiosamente, meu amor...minha vida. Apertei a foto contra meu peito e não conseguir segurar um soluço, meu pedaço sem Nessie doía em mim, doía demais, abri meus olhos molhados e pude ver que todos na sala estavam emocionados.


Bella veio em minha direção, sentou-se ao meu lado no sofá e me abraçou de forma fraternal.


– Jake, isso vai passar meu amigo, um dia vai...Eu prometo, shhh, calma – Ela tentava me acalmar, mas chorava muito, assim como eu.


– Jacob, nós sentimos a falta dela, demais, bem como você sabe, mas não perdemos a esperança amigo, nós vamos conseguir resgata-la – Edward me falou, colocando suas mãos em meus ombros, como que para me confortar.


– Nós estaremos sempre aqui querido – Disse-me Esme de forma carinhosa, enquanto chorava baixinho, abraçada a Carlisle.


– Obrigada, a todos pelo apoio, não sei como conseguiria viver com minha dor, se vocês não estivessem comigo. – Eu disse com a voz mais rouca que o normal, devido ao choro.


Eu amava essa família, com o tempo, tivemos que conviver com nossa situação triste e perigosa, nos aproximando, Bella, além de minha sogra, se tornou uma grande amiga, assim como Edward, um amigo, meu sócio, quase como um pai. Todos tinham espaço e um pedaço em meu coração, que mesmo se Renesmee não me quisesse mais, ainda assim estariam todos lá e eu faria qualquer coisa para vê-los felizes, saudáveis e em paz.

Eu queria poder lhes contar o quanto aprendi com cada um deles esse tempo, até a loira psicopata era especial, ou melhor, até Jasper, um sanguessuga, era especial e tinha um lugar como amigo. Mas eu não conseguia nem ao menos respirar, tanta a dor que eu sentia, eu não conseguia parar de olhar a foto, de imaginar como ela devia estar se sentindo, não importa se ela disse que não queria que eu soubesse e que queria que eu ficasse com a Leah, em nada ia mudar o que eu sinto, absolutamente nada. Fiquei imaginando como teria sido sua gestação, queria poder estar ao lado dela e sentir nosso bebe se mexer em sua barriga e poder sorrir com ela e beija-la como se fosse a ultima vez, todos os dias.

Pensei tudo isso, mas antes que minhas lágrimas votassem a cair, olhei rápido para Jasper e ele entendeu na mesma hora, me devolvendo um sorriso sincero.


– Eu acho que conseguiremos viver bem sem você por aqui lobo – Jasper disse com um sorriso


– Como assim? – Perguntou Bella


– Eu vou partir para Volterra, vou tentar achar Resnesmee, vou ficar de olho, não aguento nem mais um minuto ficar aqui longe dela, se eu ficar eu vou morrer, eu preciso partir – Eu levantei, muito rápido pela ansiedade.


– ESPERA – Gritou Alice, logo em seguida ficando com olhos sem expressão, como se estivesse vendo o nada.


– Ela está tendo uma visão – Nos avisou Jasper.


Alice nos olhou com uma expressão horrível nos olhos, uma mistura de pânico, terror, medo e ansiedade.


– O que foi que você viu Alice? – Perguntou Carlisle se aproximando dela e a abraçando fortemente.


– E-eu vi, eu vi tudo – Ela disse com medo, saindo dos braços de Carlisle e nos olhando apreensiva.


– O que você viu Alice? Fala logo? – Edward perguntou em pânico.


– Os Volturis, eles estão vindo para Forks agora mesmo, três dias para chegarem aqui como eu havia visto antes, vieram quase todos, quase todos, até as esposas, toda a guarda, ficaram pouquíssimos em Volterra, nós não conseg... – Sua voz morreu à proporção que Alice, assim como nós, entendíamos que seríamos poucos perto deles, seria um massacre.


– Eu preciso ir, Jasper, quantos dias até chegar à Itália? – Eu perguntei apreensivo



– Se você tiver muita sorte e for rápido, uns dois dias – Jasper me respondeu


– Eu preciso ir agora, preciso avisar o bando – Todos me olhavam assustados, sem entender minha decisão repentina.


– Eu preciso ir, tenho que aproveitar que a guarda quase inteira estará aqui, será minha única chance de salvar minha Nessie – Todos ele finalmente entenderam o que apenas Jasper tinha captado, era minha única chance.


Saí correndo da casa dos Cullens, tirei minha roupa rapidamente e me transformei, apenas Jared e Quill estavam como lobos, eles entenderam a intensidade do momento e me avisaram que iam chamar o resto do grupo imediatamente


Corri para La Push, rapidamente eu estava na praia, esperando pelos outros, demorou um pouco, mas logo pude avistar um grupo se aproximando, inclusive os mais novos, Brady, Brian, Collin, e claro, junto vinha aquela vadia desmiolada da Leah.


Passei a todos minhas instruções, mandei que ficassem vigiando a família Cullen, que não atrapalhassem os vampiros, mas que se algum deles pegasse algum humano naquela região, era para arrancar-lhe o pescoço, mandei Leah ficar o tempo todo em La Push, ela queria lutar na batalha, não deixei. Falei para todos se prepararem, que com certeza a situação ia se intensificar, meu único problema era arranjar alguém para liderar o bando.


– Sério que não pode ser eu chefe? – Embry me perguntou fazendo cara de Bravo.


– Embry se você fosse o alfa responsável, isso aqui nunca daria certo. – Eu ri.


– Eu espero ganhar um aumento depois dessa. – Sam vinha em nossa direção, sorrindo e falando alto.


– O que você está fazendo aqui? – Eu perguntei sem entender o que aquilo significava.


– Eu vou ajudar Jake, eu vou tomar conta dos garotos, eu os lidero para você, enquanto estiver longe, mas não acostuma não quando você voltar, a encrenca continua sua, se não Emily me mata. – Ele deu uma risada baixa.


– Sam, mas e sua família, você é pai agora, não posso aceitar isso, é muito perigoso – Eu o alertei.


– Sim eu sei Jake, mas eu não ia aguentar ficar em casa sabendo o que está acontecendo aqui, não mesmo, eu ficaria louco, Emily me apoiou, não se preocupe, dará tudo certo – Ele pausou a mão em meu ombro e sorriu, eu o abracei e abracei um por um do meu bando, menos a desgraçada da Leah, por culpa dessa infeliz, todo mundo está em perigo, eu mal conseguia olha-la sem querer dar um tiro em sua cara.


Passei em minha casa e arrumei uma mochila com minhas coisas pessoais, meu passaporte, dinheiro, algumas roupas, tomei um banho me arrumei e saí, disse a Billy que ia visitar um amigo, ele me olhou desconfiado, mas eu ainda não poderia lhe dizer a verdade, não assim desse jeito, mas assim que eu voltasse ia me desculpar com ele. Mas antes de sair de casa, ouvi um barulho de dois carros de aproximando, fui ver quem era. Edward desceu de um carro esporte novo, maravilhoso, um Camaro novinho.


– Entra aí Jake, esse aqui te leva mais rápido ao aeroporto – Edward falou sorrindo em seguida.


– Para que dois carros? – Eu perguntei enquanto entrava no dele e acenava para Jasper no carro de trás.


– Um vai ficar no estacionamento perto ao aeroporto, na volta, quero que chegue o mais rápido possível em casa. – Ele apenas sorriu.


– Obrigada Edward, por todo apoio – Eu falei de cabeça baixa, nervoso demais para encarar seus olhos castanhos claros.


– Obrigado nada, trás minha filha em segurança, nós estaremos vivos aqui – Percebi ele ficar tenso nessa hora, seria difícil para eles também, todos nós em perigo ao mesmo tempo.


Cheguei ao aeroporto e descobri junto com Edward e Jasper que só teríamos voos às 16:00, eu teria que esperar um pouco, mas não tinha problema, aproveitamos o tempo livre e pela internet, Edward comprou a passagem de Roma para Florença, que custou uma fortuna, por ser um jatinho fretado. Eu não tinha palavras para agradecer, se não fosse dessa forma, eu demoraria muito mais para chegar, depois de Florença, eu seguiria correndo como lobo, até chegar a Volterra. Eu precisaria de sorte.


O voo demorava cerca de 18 horas para chegar em Roma, realmente se eu tivesse sorte, chegaria a Volterra em dois dias. Embarquei no avião no horário previsto e que logo em seguida levantou voo.


Observei Seattle ficar pequenininha, meu coração apertado, ao mesmo tempo que pulsava triste, pulsava ansioso e temeroso. Ansioso por mesmo de longe, estar mais perto dela, ansioso por se houver uma brecha eu conseguir salva-la e a meu bebê e temeroso pois estava deixando minha família, meus amigos e a família de Nessie, em perigo mortal para trás. Mas não existia outro jeito, infelizmente, minhas pálpebras pesaram pela noite em claro e por todo o tumulto da minha manhã turbulenta e como aqui de cima, eu não poderia fazer absolutamente nada, eu fechei meus olhos e dormi.


Acordei apenas com o avião pousando. Dirigi-me ao aeroporto com meu passaporte e entrei na parte de voos particulares, lá já estava o pequeno jatinho a minha espera, eu teria muito ainda que agradecer a Edward. Apertei meu cinto na poltrona e rapidamente estava nos ares italianos, comi o lanche que me serviram e cochilei novamente, mas dessa vez não demorou tanto e logo eu estava em Florença. Saí do aeroporto sem demora e logo eu tirei minhas roupas as colocando na mochila e amarrei a mochila com um grosso elástico a minha perna, sentindo meu corpo explodir em meu lobo, eu estava muito longe de Forks, não conseguia ver nitidamente os pensamentos de meus amigos lobos, mas ainda assim eu via flashs do que acontecia, me deixou um pouco mais tranquilo saber q de alguma forma nossa conexão ainda era válida. Corri, muito, corri como um louco, por horas, até que finalmente pude avistar uma cidade fedida, cheirava a vampiros por todos os lados, voltei a minha forma humana, vestindo apenas uma bermuda, meu cheiro era um pouco mais fraco em minha forma humana e quanto menos eles percebessem uma presença estranha, para mim seria melhor.


Fui me aproximando da cidade e seguindo para onde o cheiro de vampiro era mais forte, ao longe, pude avistar uma mansão, eu tive certeza que era ali que minha Nessie se encontrava, senti meu coração pulsar intenso pela aproximação, eu sabia, a apenas alguns metros me separavam de minha amada. A muito custo eu engoli a vontade que eu sentia de invadir aquilo ali e me voltei para a floresta próxima, observando a movimentação, vendo se eu descobria algo.


Fiquei por horas ali, já era tarde da noite, quando vi três vampiros saírem, eles entraram do outro lado da floresta, provavelmente pretendiam correr mais rápido para caçarem em outra cidade, seria minha chance de me aproximar.



Pov Renesmee



Já faziam dois dias que aquela corja de vampiros malditos havia saído daqui para a tal viagem de morte a minha família, toda vez que eu pensava isso uma dor invadia meu peito bruscamente e eu tinha que tentar respirar devagar, em busca de ar. Meu bebê se agitava dentro de mim e eu sentia minhas costelas sendo esmagadas, agora eu entendia toda a força que meu bebê tinha, ele já estava grande demais. Os vampiros que ficaram para cuidar de mim me tratavam pior do que se eu fosse uma criminosa, eles esperavam que eu dormisse, para colocar a comida em cima da mesa e mantinham a porta quase sempre trancada, eu queria apenas um livro, foi o que eu pedi para o tal de John. Ele deixou que eu saísse e escolhesse um livro na biblioteca gigantesca dos Volturi, ele disse que estaria na sala de música se eu precisasse de algo, logo depois ouvi um barulho ensurdecedor de musica eletrônica, eu ri, lembrando que ele era o proprietário da aparelhagem de dj na sala de música. O desgraçado devia estar aproveitando que estava sozinho na mansão.


Voltei para o meu quarto, abri a porta, mas antes que eu pudesse entrar, meu livro caiu, eu meio sem jeito por conta da barriga tentei pegar, mas senti uma dor muito forte.

– Essa não...Ahhhhhh!!!! – Eu gritei, me segurando na parede.


A dor voltou novamente e dessa vez eu não consegui me segurar, me apoiei na parede do quarto e quase caí com tudo, devido à dor que eu sentia. Mas uma vez a dor forte me alcançou, antes que eu chegasse à cama e eu caí sentada, sem conseguir me levantar, o chão ficou lavado pelo líquido que saiu de mim no momento em que a dor me alcançou e nessa hora que eu pude entender o que estava acontecendo. Eu estava em trabalho de parto.


Meu bebê estava nascendo, o medo tomou conta de mim, enquanto eu estava ali no chão, sentada, encostada na parede, gritando, sentido – me sendo torturada por dentro e sozinha, eu estava sozinha nesse momento, com um vampiro próximo, pronto para me matar. Senti outra pontada forte, em inspirava e expirava tentando controlar a respiração, minhas mãos apertavam minha barriga e eu mesmo sem querer já começava a fazer força.


Eu estava desesperada, será que eu ia conseguir? O rosto bronzeado do meu amor passou por meus pensamentos, era para ser tão diferente, era para eu estar em algum hospital, de preferencia meu pai e meu avô fazendo meu parto, a sala de espera com toda a minha família desesperada, Jake segurando minha mão, olhando em meus olhos “Oh, Jake, nosso bebê vai nascer, como fui burra ao abandonar você, idiota, eu queria só mais uma chance, para dizer que eu sinto muito” Eu pensei em meio ao pânico e a dor que me arrancava pedaços por dentro, senti minhas costelas sendo esmagadas novamente, arqueei meu corpo em resposta a dor.


– Por favor bebê...Ahhhhh!!! Por favor... – Eu dizia, entre um grito e outro, totalmente abafado pelo som estrondoso que fazia a mansão tremer inteira.



________________________________________________________________


Ui meu pai....o bebê tá chegandoooo..
Acho que vcs já se ligaram que cap. que vem tem reencontro neah??
hehehe
vcs não perdem por esperar meus amores, será LINDO LINDO a chegada do bebê
e o reencontro do casal!!

Beijos a todas as lindas que acompanham essa fic, já só faltam agora no máximo seis capítulos!!!
Quero muuuuuuitos coments, se não não posto o epílogo...kkkkkkkkkkk...
bjo no coreeee!!!!
Vovó Eme


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Yasmim L
Conhecendo a história de Jasper
Conhecendo a história de Jasper


Idade : 21
Número de Mensagens : 371
Data de inscrição : 19/04/2010
Localização : Brincando com a "comida" nos becos de Volterra com Alec e Demetri... 666'

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 05 Mar 2012, 19:35

g-zuiz bebe nascendo.. jake indo pra volterra.. dels como faz?
muita coisa rolando ao msm tempo....

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.deciphermee.tumblr.com
Tânia
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 28
Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 19/12/2011
Localização : Vila do Conde (Portugal)

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Ter 06 Mar 2012, 09:18

Ooooooooooooooiiiiiiiiiiiii amores!!!!!!!!!

VoVo nao demores a apostar o proximo capitulo.....ja estou a contar os segundos.....

AMEI este capitulo

Aaaahhhhhhhh.....mas é verdade sim que eu ja li a outra fic "Á espera da liberdade" e tambem ja tou a contar o milesimos de segundos para rosto da fic desta e das outras que ja li escritas por ti.....

Beijocas Graaaaaaaaaandes

ADORO-VOS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Victoria Cullen Black
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 20
Número de Mensagens : 63
Data de inscrição : 15/12/2011
Localização : Em La Push com Jake....

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Ter 06 Mar 2012, 18:31

HAAAAA VOVO FAZ ISSO NAO!!!!

O BEBE TA VINDO E VC PARA A VOVO JATO SEM UNHA E AGORA SEM CABELO!!!!

MAIS MESMO ASSIM TA OTIMO TO ADORANDO!!!!!!
FINALMENTE O REENCONTRO!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qua 07 Mar 2012, 16:31

Olaaaaaaa! Só para dizer que amo amo amo amo amo a ua fic! Por favor continua a escreve-la!
Adoro Jake e Nessie! Já vi que também és team Jake Blackkk Very Happy
Espero que Nessie fique bem depois de ter o seu lobinho ou lobinha sunny

Tu és maravilhosa a escrever! Parabéns!!!

Beijokinhas suas fofas!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qua 07 Mar 2012, 17:09

Ainnnn MEU DEUS!!!! QUE LINDA VC TICHA!!!!!!!!

Obrigada demais pelos elogios, me enche de orgulho, me dá mta inspiração toda vez que vejo que alguma leitora gosta da fic...e antes que eu esqueça flor...


SEJA MUUUUUUUITO BEM VINDA!!!!!!

Espero que você possa me acompanhar por aqui e comentar nos próximos capítulos, vou ficar mesmo imensamente feliz!!!

Jacobeijos Tayliciosos pra vc lobaaa!!!

Eme
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qui 08 Mar 2012, 12:26

Querida eu sou obrigada a continuar a comentar esta lindissima fic, sem ela eu nem conseguiria dormir descansada só de pensar que não ia mais ler esta fic viciante!!!!

Parece que então vc vai morrer de felicidade! Pk eu não vou perder nem um capitulo!

Beijokas sua fofa!!! Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nay_CullenBlack2012
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 08/03/2012
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qui 08 Mar 2012, 13:50

O) Oii lindaa comecei a ler a sua fic segunda feira e ja tto aqii o ultimo e too super ansiosaa
Por favor posta logo ele pedido da sua nova leitora Parabéns vc escreve muito maiis posta looogoooo
Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://bloguiinhodanay.blogspot.com
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Sex 09 Mar 2012, 15:01

Oláaaaaa!!!!!!!!

SEJA BEM VINDA NAY!!!!...caramba fiquei aki emocionada em saber que vc começou a ler e já veio aki conversar com a gente, puxa, que maravilha!!! Se metade das leitoras tivessem feito isso, com certeza teria bombado de comentários...

Vou postar na segunda cap. novo lindaaaa e vai ser de presente p/ vc e p/ Ticha!!!

Vocs ainda me matam de felicidade!!!!

AMOAMOAMOAMOOOOO....

bjos de morango da Eme!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Dom 11 Mar 2012, 16:41

Vc é uma fofa! Sabia...

Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 16:29

Oi minha amoras!!!!!!!

Mais um capítulo para lermos, espero realmente que gostem, foi escrito com muito carinho e
sério...está tão lindoooo!!!!


_____________________________________________________________________________


Capítulo 30 – O meu segundo Sol


– Ahhhh.... – Eu gritei novamente sentindo-me ser arrancada de dentro para fora.



Era para esse momento ser especial, no entanto eu estava com medo e desesperada. Senti que meu corpo sozinho tentava expelir meu bebê, eu sentia contrações involuntárias, percebi também que não teria jeito eu teria que fazer meu próprio parto, sozinha.



Com muita dificuldade e apoiando minhas costas na parede eu levei meus braços à cintura, levantando um pouco meu vestido e tirando minha calcinha, para dar passagem ao meu bem mais precioso. Retirei o tecido fino de minha lingerie completamente encharcada e joguei no canto, sentindo mais uma contração forte, me posicionei com as pernas abertas e esperei a dor viesse novamente, o que não demorou muito, quando eu a senti, fiz força. Meu bebê se agitou, arrancando-me mais um grito desesperador, a dor que eu sentia era absurda, eu já estava inteira suada, eu arfava e gemia, com a dor que agora não passava mais, estava ali presente o tempo todo.



Sempre que a dor intensificava, meu instinto era retrair o meu corpo, mas eu havia lido em um livro, que é ao contrário, quando a dor vem, nós temos que fazer força, para que com essa impulsão o bebê comece a se deslocar em direção à saída, o problema que não contam nos livros, é que quando fazemos essa tal força, a dor triplica.



Eu já estava me sentindo fraca, comecei a ficar com medo de perder a consciência devido à dor cruciante que me matava, a barra do meu vestido que eu segurava toda a vez que a dor vinha mais forte, já estava completamente rasgada, minha boca estava seca e eu gemia e arfava cada vez mais.



A dor veio forte novamente, arqueei minhas costas e gritei, enquanto tentava empurrar meu bebê, foi quando senti um cheiro, um cheiro maravilhoso, um cheiro amadeirado que eu conhecia perfeitamente. Tive certeza que essas dores estavam me causando alucinações “Que -sou bonzinho e não uso palavrões no fórum alheio-, era só o que me faltava, vou acabar desmaiando, estou fraca demais”, eu pensei em meio a loucura e ao delírio. Fechei meus olhos gritando com mais uma contração. O cheiro agora estava mais forte, senti meus músculos perdendo as forças, abri meus olhos lavados de lágrimas pelo esforço. Foi quando eu o vi.


Entrando por aquela porta, eu vi aquele que mudou o meu destino, o homem que eu amava, aquele que eu abandonei julgando ser o melhor para ele, ele estancou na porta quando me viu. Eu não acreditava que ele pudesse estar ali, não era possível...Eu estava alucinando, não era real.



Percebi seus olhos em choque e o terror estampado em seu rosto, eu olhei minha miragem com mais atenção e percebi que ele tinha uma mochila presa por um elástico em suas pernas. Seu cheiro me preencheu por completa e tive a certeza, era ele...Meu Jake, ele me achou!!! Tudo isso aconteceu muito rápido, em segundos.



– JAKE!!!! – Eu gritei a plenos pulmões, senti um jato de felicidade quando ele correu em minha direção.



– Ahhhh!!!! – Eu gritei novamente sentindo meu corpo sendo rasgado.



– Ness!!! Minha Ness, calma meu amor, eu estou aqui, eu vou te ajudar!!! – Ele disse pegando em meu rosto.



Quando senti suas mãos quentes em mim, me dei conta que era Jacob que estava ali, que realmente ele veio, meu olhos angustiados o fitavam em desespero, não consegui conter a emoção e me joguei em seus braços, ignorando a dor que sentia.



– Jake me perdoa!!! Me perdoa por todas as minhas decisões, me perdoa por te abandonar, eu te amo mais que tudo em minha vida, eu não te esqueci um só segundo Jake...Por favor..Ahhhh!!! – Senti mais uma contração, ao mesmo tempo em que minhas lágrimas caíam de emoção por sentir seu corpo junto ao meu, naquele abraço desesperador, eu o apertava junto a mim, como se o mundo fosse acabar naquele instante, seu cheiro maravilhoso me inundando. Comecei a chorar compulsivamente, um choro desesperado, sofrido, um choro de saudade, de felicidade, de emoção por vê-lo ali comigo, por senti-lo junto a mim, da forma como eu tanto desejei, por todos os dias, desde que fui embora, naquele fatídico dia em que decidi deixa-lo.



– Calma meu amor, vai ficar tudo bem, calma, eu estou aqui Ness, eu não vou te deixar – Ele falava com voz embargada em meu ouvido, enquanto me apertava em um abraço saudoso e beijava cada canto do meu rosto, correspondendo na mesma intensidade.



Eu não consegui me segurar nem meio segundo a mais e apesar da dor absurda, eu puxei seu rosto para um beijo, que eu ansiei, por todos esses messes, eu gemia de dor, enquanto sentia a boca macia e cheirosa do meu homem, daquele que eu amava e não importava o quanto nós tivéssemos que lutar a partir dali, eu daria minha vida por ele, sem nem ao menos pensar duas vezes.



– Eu te amo demais Ness, desculpe a demora – Ele disse me dando selinhos, com seus olhos emocionados.



– Ahhh!!! – Eu gritei sentindo meu corpo torturado novamente



– É seu Jake, é nosso bebê que está aqui, feito em La Push, fruto do nosso amor, mais puro e verdadeiro, ele vai nascer!!! – Eu falei desesperada, fazendo força, o máximo que conseguia e gritando na sequencia.



– Mas como pode Nessie, você não está só de seis meses??? – Jake me perguntou incrédulo, enquanto se posicionava no meio de minhas pernas.



– Não Jake, aaahhhhh...É complicado, meu sistema acelerou, eu estou com nove meses...ahhhh.. – Não conseguia mais falar, minha respiração estava muito acelerada devido à força que eu fazia.



– Isso Ness, respira, força meu amor!!!! FORÇA!!! – Ele gritou quando percebeu que eu sentia mais uma contração.



– OMG!!! Eu já consigo ver a cabeça Ness, está quase lá!!! Vamos meu amor!!! – Ele disse desesperado.



– Ahhh JAKE... – Eu gritei sentindo meu corpo se contrair novamente, em uma dor absurda



– Você consegue amor, está quase lá...Vamos Ness, FORÇA!!! – Ele me incentivava.



Eu forcei mais uma vez e senti algo me rasgando por baixo, a dor torturante piorava e eu gritava enlouquecidamente, me agarrando ao chão e a parede como podia, para tentar conseguir um apoio. Abri mais as minhas pernas e forcei novamente, com o máximo de força que eu conseguia.



– Está saindo Ness, está vindo, FAZ FORÇA AGORA AMOR, NÃO PARA!!! – Ele gritou em desespero.



– AHHHHH!!!! – Eu gritei e fiz força, o máximo que conseguia. Mas dessa vez senti algo saindo e uma água quente molhando tudo ao meu redor.



Olhei assustada para Jake e em seguida, ouvi um choro de bebê cortando o ar. Vi os lábios de Jake se abrir em um sorriso emocionado, entre suas próprias lágrimas, enquanto segurava nosso bebê ensanguentado em suas mãos.



– É um menino Ness – E desabou em lágrimas novamente, enquanto colocava nosso bebê em meus braços enfraquecidos.



– E-Ele é lindo Jake...Lindo – Eu já chorava muito, quando senti meu bebê em meus braços, eu sorria de felicidade – É como eu queria Jake, ele nasceu como eu desejei, ele é lindo, é totalmente você!!! – Eu disse com voz embargada por meu choro, emocionada ao ver os cabelos densos e negros do meu filho, em meu colo, já pude ver um contraste entre nossas peles, ele seria moreno, seria sem dúvidas, a cara do pai.



Jacob olhava tudo abismado, pude ver em seus olhos e enquanto beijava meus lábios, quanto amor ele sentia por nós, por mim e por nosso filho, ele já o amava, como era possível? Ele nem sabia da gravidez?



– Você já pensou em um nome amor? – Jake me perguntou entre os beijos que me dava e acariciava a cabeça de nosso filho com suas mãos enormes e amorosas.



– Sim, queria dar-lhe o nome de Bernard Cullen Black, Bernard significa, bravo como um urso, ou bravo guerreiro em outras línguas, ele lutou muito Jake, lutou bravamente por nós, meu pequeno Quilleute guerreiro, filho do meu sol ardente, você meu amor, ele é o meu segundo sol, minha segunda razão de viver – Eu falei emocionada, sentindo as lágrimas queimarem meus olhos mais uma vez, enquanto eu abraçava o meu milagre, que finalmente veio até meus braços.



– É lindo amor, é um lindo nome sem dúvidas, meu filho, meu pequeno guerreiro Bernard – Jacob também estava emocionado e beijou nosso filho devotamente.



– Jake, rápido, nós temos que ir, esse barulho todo é porque tem um vampiro aqui, ele está me vigiando enquanto os outros foram caçar!!! – Eu me desesperei.



– Eu já cuidei dele amor, esse aí já era, mas precisamos ir logo, já o resto estará de volta, não sei se consigo lutar contra três, sozinho, precisamos ir. – Ele disse apressado, me pegando em seus braços e me ajudando a levantar.



Eu dei Bernard em seus braços, enquanto mergulhava uma tesoura no álcool que Dr. Isaac deixou para mim. E com cuidado extremo, cortei o cordão umbilical de meu filho, passando antisséptico no local cortado. Peguei uma toalha a deixando úmida e limpei todo o meu bebê, enquanto Jake colocava algumas roupas minhas em uma mochila, o vesti com um conjunto azul, muito lindo, coloquei-lhe uma fralda e devolvi para o pai.



Alec havia comprado diversas coisas de bebê, a pedido meu claro, porque se dependesse desse FDP eu estaria ferrada, ele ia entregar meu bebê a Aro e ponto final, mas eu o fiz comprar diversas coisas, afinal, eu tinha ainda esperanças.

Enchi a bolsa de bebê, branca com desenhos de animaizinhos, com roupinhas, muita fralda, talco, pomada, tudo o que precisaria para uma viagem de emergência. Tudo foi comprado em cores unissex, afinal eu não sabia que sexo tinha o meu bebê.



Percebi Jacob olhando nosso bebê com devoção, beijando sua cabecinha e acariciando seu rosto, desse ângulo, pude ver o quanto eu tinha razão, Bernard era a cara do pai.



– Eu acho que não tive participação na fabricação desse bebê, ele é todinho você – Eu ri, toda boba com o meu menino, maravilhoso.



– Você acha mesmo que parece comigo? - Ele ficou olhando para o rostinho do neném no seu braço todo bobo, e sorriu, um sorriso de sol, um sorriso iluminado. Era uma cena, linda e perfeita, como só meu lobo conseguia ser.



Pegamos todas as coisas necessárias e saímos rapidamente pelo jardim de fundo, estava ainda tudo escuro lá fora e pela primeira vez, eu percebi que meus olhos não tinham problemas para enxergar no escuro. Entendi tudo.



– JAKE!!! – Eu gritei no meio da floresta, ele se assustou. Estávamos de mãos dadas, andando rápido.



– O que foi Ness, você está bem? Está machucada? – Ele me perguntou preocupado.



– Jake, você não acha estranho? Eu acabei de dar a luz, olha o meu corpo!!! Parece que eu sou uma mulher que acabou de sair de um parto, com uma barriga enorme de nove meses??? Que sentiu dores absurdas e foi arrombada por uma criança, não era no mínimo para eu estar sentindo dor??? Ou exausta???- Eu perguntei voltando a caminhar com meu bebê em meu braço, enquanto Jacob carregava nossas coisas.



– Ness!!!! Você nem tem mais barriga nenhuma!!!! COMO ISSO ACONTECEU??? Você tem razão, como pode ser isso? Você é só uma humana, era para estar descansando, meu Deus, eu sou o pior homem desse mundo!! – Ele disse colocando a mão no rosto, com olhar triste.



– Não Jake, eu estou bem, depois te explico melhor, mas foi meu bebê, ele me passou os genes de lobo, enquanto eu estava morando no meio dos vampiros, eu passei a ouvir melhor, a cheirar melhor, e assim como você, eu também me recupero, mas eu achei que com o nascimento, isso acabaria e eu voltaria ao normal, mas não, não passou, eu estou conversando com você praticamente correndo em uma velocidade totalmente anormal, com um bebê no colo e nem ao menos me canso, É INCRÍVEL!!! – Eu sorri maravilhada, enquanto Jacob me olhava pasmo, a cada passada.



Decidimos por fim correr, enquanto eu ia explicando a ele como foi toda a minha gestação, ele rosnava toda vez que eu dizia o nome de Alec, e socou algumas árvores no caminho, principalmente quando lhe contei qual era o plano de Aro. O dia amanheceu, enquanto corríamos e conversávamos e volta ou outra eu tinha que parar para dar de mamar, vendo um papai todo bobo observando.



Já era manhã alta, quando chegamos a Florença, meu estômago roncava e eu assim como Jacob, estávamos exaustos, eu por ter acabado de ter um neném e Jacob por já ter feito esse percurso na ida para me buscar e ainda não havia descansado. Decidimos parar em um hotel e dormir um pouco, mas antes compramos a passagem, tivemos muita sorte, no dia seguinte às 14:30, tinha um avião direto para Roma. Paramos em um hotel próximo, pedimos praticamente toda a comida do menu, era fácil manter uma criança em meu braço mamando, enquanto eu mesma comia, já que eu estava mega forte e não cansava. Eu e jake chegamos à conclusão que provavelmente era temporário, que com certeza depois de algum tempo, meu corpo voltaria ao normal, mas o bom mesmo era aproveitar enquanto pudéssemos, essa nova situação de dna de lobo.



Fomos para o quarto do hotel, tomamos banho e eu não sabia ainda se podia ou não dar banho no bebê, resolvi apenas limpá-lo com lenço umedecido, troquei-lhe mais uma vez a frauda e fiz uma caminha improvisada para que ele dormisse depois de mamar, ficamos esse momento na cama, enquanto eu dava de mamar para Bernard, Jake nos observava com olhos bobos, me beijava e beijava nosso bebê, fazendo carinho em nós, com todo o amor que só podia existir em um único ser. Jacob Black, meu amor, meu homem, pai do meu filho.



Posicionei meu bebê em sua caminha no meio de nós dois, ficamos um tempo sorrindo e vendo ele dormir, nos beijando com amor, com calma, com saudade, entrelaçamos nossas mãos e finalmente dormimos, os três, como uma família.



Nosso sono não demorou muito, logo Bernard chorou e eu tive que lhe dar de mamar novamente e foi assim até a noite, quando finalmente resolvemos comer de novo e tomar banho. Havíamos terminado o banho e arrumado tudo para a viagem no dia seguinte quando ouvimos um barulho na recepção. Jacob correu para pegar nossas mochilas, eu peguei meu bebê o mais rápido que eu pude, o cheiro de vampiro já chegava a nosso nariz quando pulei da janela agarrada ao meu filho, caindo nos braços de Jacob que nos esperava lá embaixo, não era muito alto e nesse momento éramos todos lobos.



Começamos a correr muito, o mais rápido que conseguíamos e alcançamos a floresta rapidamente, na floresta nossos cheiros não eram tão fáceis de descobrir onde estávamos. Mas percebemos que os desgraçados estavam nos alcançando, eles eram velozes e estavam furiosos, eu não podia dar tudo de mim e Jacob não podia correr de verdade em sua forma de lobo, pois tinha que me acompanhar e carregar as coisas do bebê. Sentimos que eles nos alcançávamos, os desgraçados estavam perto.



– Preciso me transformar, vamos deixar as coisas aqui Nessie, monta em mim ok? E segura Bernard o máximo que você conseguir – Ele me disse com olhos aflitos, enquanto se afastava de mim e explodia em um lobo imenso castanho avermelhado.



Rapidamente em montei em suas costas, segurando meu filho, com todo o cuidado, mas ao mesmo tempo, com muita segurança, me agarrei no pescoço de Jacob, e o mesmo começou a correr, íamos em uma velocidade impressionante, mas de repente senti algo voando em cima de mim, me jogando no chão, enquanto outro voava em cima de Jacob, em uma luta. Segurei Bernard em meus braços, percebendo que ele não se machucou, eu o protegi com meu corpo.



Quando percebi uma vampira, a tal de Danna rosnando para mim.



– Me entregue o bebê, Aro quer esse bebê vivo!!! Me entregue agora, ou eu te mato, não estou nem aí que você é noiva de Alec, minhas ordens são específicas, me entregue ele!!! – Eu estava acuada entre ela e uma árvore imensa, olhei para o lado e Jacob estava em uma batalha de vida ou morte com Felix e Heidi, eu me desesperei vendo aquilo, Jake ia acabar morrendo, ele não ia conseguir segurar por muito mais tempo.



A mulher se aproximou novamente, eu estava desesperada, ela ia tomar meu bebê de mim, meu bebê que lutei tanto para conseguir que viesse ao mundo com segurança, ela não tinha esse direito.



– VOCÊ NÃO TEM ESSE DIREITO, ME DEIXA EM PAZ!!!!! – Eu gritei de volta em desespero.



Olhei para o lado e vi Jacob quase levando uma dentada nas costas, fiquei louca. Senti meu corpo tremendo inteiro de nervoso, era nervoso provavelmente, mas então minha temperatura subiu, eu estava fervendo, olhei para Jacob desesperada enquanto a vampira maluca na minha frente se aproximava de novo. Eu, numa reação completamente involuntária, coloquei Bernard no chão, em cima da coberta que ele estava enrolado.



– Isso, muito bem garota, agora de afaste, ou eu te mato!!! – Ela falou e foi rápida na direção do meu bebê.



Mas eu fui mais rápida e segurei sua mão, antes que ela o tocasse, na sequencia eu a empurrei para longe.



– SE VOCÊ TOCAR NELE EU SIM TE MATO!!!! – Eu gritei de volta, completamente transtornada, tremendo inteiro.



Ela então rosnou e se posicionou para me atacar, eu senti meu corpo dar espasmos e senti dor, me virei feroz para ela, minha temperatura queimou e eu senti meu corpo sendo massacrado novamente, cada pedacinho de pele doeu, mas foi tudo muito rápido, eu explodi e no instante seguinte, eu tinha patas no lugar de mãos.



“Nessie...Mas..Como?” – Ouvi Jacob em meus pensamentos



A vampira a minha frente estava assustada pela minha transformação. Aproveitei sua distração e voei no pescoço dela. Senti meus dentes cravando em sua pele dura como pedra, mas ainda assim, eu senti prazer nisso e continuei, percebi Jacob lutando para não ser morto, em seus pensamentos confusos ele não estava totalmente focado, ele estava preocupado comigo e não conseguia mais prestar atenção direito em sua luta, eu tentei correr em sua direção para ajuda-lo, mas a vampira desgraçada, me puxou e eu rolei com ela novamente.

Enquanto eu lutava com ela, meu coração deu um solavanco, Jacob no meio de sua luta se perdeu por um instante e eu vi o Felix a meio centímetro de sua jugular, eu gritei, mas só saiu um latido alto como uivo, pelo menos isso serviu para distrair Felix, foi o tempo de Jacob tirar o corpo, senti um outro cheiro se aproximando e quase desviei minha atenção, Bernard começou a chorar e por instinto eu me virei em sua direção, a vampira quase me morde, Jacob não teve a mesma sorte, ele não conseguiu desviar a tempo e no instante que ele ia levar a mordida na jugular, um lobo cinza enorme voou no pescoço do vampiro e ambos saíram rolando no chão.



“ Leah!!!” – Jacob pensou eufórico, assim eu pude saber quem era também.



Eu cravei meus dentes na vampira, mas ela conseguiu sair, na horas que ela saiu, Jacob a alcançou e arrancou sua cabeça pelo pescoço, eu olhei para o lado e vi a vampira que lutava com ele em pedaços e corri para ajuda-lo a desmembrar a tal de Danna que queria pegar meu bebê, quando terminamos, percebemos Felix com o pescoço quebrado caído ao chão, mas Leah estava em seu corpo humano, respirando pesado, eu e Jake corremos em sua direção, Jacob virou humano, mas eu não consegui.



– Leah!!! O que você está fazendo aqui, sua louca, eu pedi para que ficasse em La push – Ele dizia desesperado, cobrindo a mordida no ombro dela com as mãos.



– Droga Jake, eu tive que vir, não podia deixar você sozinho nessa missão suicida, peguei um avião, estava indo no sentido de Volterra, mas cruzei com um rastro fresco de vocês aqui em Florença e o segui, ele ia morder você, você precisa viver Jake, precisa ser forte, você é pai agora, eu nunca tive muita importância mesmo, talvez agora eu descanse um pouco, sei que salvei a vida de alguém, a vida do meu amigo, isso me trás paz... – Ela suspirou pesado, com seus olhos quase fechando.



– Droga Leah, porque fez isso – Percebi que a voz de Jake estava embargada, me aproximei.



– Nossa, é você Resnesmee? – Leah me perguntou, eu assenti, ainda estava na forma de lobo.



– Quem diria hein – Ela tossiu e depois sussurrou – Como sempre, eu estava errada, não sei como, mas você deu um jeito, virou uma loba, você sempre foi a mulher perfeita para o Jacob...me...me perdoa – Eu assenti emocionada, sem conseguir responder, Jacob apenas limpava suas lágrimas, emocionado pela tristeza do momento.



– E...E você Jake, me perdoa...por...por favor.. – Ela disse sem forças.



– Mas é claro Leah, você salvou a minha vida, a da minha mulher e do meu filho, devo minha vida a você, serei eternamente grato por sua teimosia – Ele acariciava os cabelos negros dela.



Leah finalmente fechou seus olhos e com um pesar muito grande em nossos corações, ouvimos o dela parar de bater. Jacob fechou os olhos escuros dela, com seus dedos, como num ritual, pronunciou algumas palavras em voz baixa e se levantou.



– Nessie – Ele disse com voz ainda baixa e rouca – Mudança de planos, pegue uma roupa sua e vista em Leah assim que você voltar à forma humana está bem? Eu vou ver se consigo falar com seu pai. Nós vamos leva-la de volta conosco, é o mínimo, depois de dar a vida por nós – Ele falou se encaminhando em direção ao cobertor, onde nosso bebê inocente, dormia, sem ter ideia dos perigos da vida. Jake pegou nosso filho em seus braços e abraçado a ele, chorou pela amiga que deu a vida por nós.


____________________________________________________________________

E aí meninasss....gostaram do cap. especial??? mereço comentários neah??? Foi caprichado..
O BEBÊ NASCEU!!!!
Jake ajudou a fazer o parto e o reencontro dos dois!!!..ahhhhhh...que lindo!!!!
Nassie lobaaa!!!!!
E Leah tadinha...morreu...
Muita surpresa...espero que tenha sido do agrado!!
bjoooo para minhas fofas que acompanham essa fic, sério...

Sem vcs não existiria forças para continuar!!!

bjobjooooo
da vovó Eme







Última edição por Eme_Sra.Black em Seg 12 Mar 2012, 16:36, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Victoria Cullen Black
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 20
Número de Mensagens : 63
Data de inscrição : 15/12/2011
Localização : Em La Push com Jake....

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 16:32

amei a nessie loba!!!!

queria saber a cor do pelo da nessie???

vovo amei amei amei !!!!



xoxo Vic C Black
Voltar ao Topo Ir em baixo
Victoria Cullen Black
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 20
Número de Mensagens : 63
Data de inscrição : 15/12/2011
Localização : Em La Push com Jake....

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 16:36

HA vovo queria q vc me desse uma indicaçao de fic???

q queria saber quando vc vai postar mais um cap de a espera de liberdade????
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 16:57

oi Vic sua lindaaa!!!!

Vamos as respostas....

o pêlo da Nessie, nós vamos saber em um cap. mais p/ frente.... qdo eles voltarem para Forks, o que séra depois do capítulo da batalha....que será dois, pq ficou mto grandão, não deu para escrever em um só....kkkkkkkkkk......Fiquei mto feliz q vc gostou lindaaa....eu ia colocar uma música para ouvir junto com o cap. mas desisti....enfim...


Qto a outra fic Á Espera da Liberdade, eu pretendo postar cap. novo essa semana, depois do ultimo cap. dessa fic aqui.....hehehe, mas não vale ler por lá não tah.....senão é maldade comigo!!! Mas próximo cap. de Á Espera estará incrível, o Jake dessa fic é mto terrível neah Vic?...kkkkkkkkkk....

Mas vc disse que queria indicações de fic neah?!!! Que tipo vc gosta, mais romantica, mais Hot, mais polêmica, com cenas de ação....Me diz que tipo vc gosta e eu indico umas aqui!!!

Bjo lindaaaaaaaa!!!! Esperando o comentário das outras fofas viu meninas??!!!

vovó Eme
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Victoria Cullen Black
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 20
Número de Mensagens : 63
Data de inscrição : 15/12/2011
Localização : Em La Push com Jake....

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 17:06

ei vovo nao vou ler la nao...

A eu gosto de fics romanticas e hots misturado!!!!

Ele é terrivel mesmo!!! so o jake mesmo!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yasmim L
Conhecendo a história de Jasper
Conhecendo a história de Jasper


Idade : 21
Número de Mensagens : 371
Data de inscrição : 19/04/2010
Localização : Brincando com a "comida" nos becos de Volterra com Alec e Demetri... 666'

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Seg 12 Mar 2012, 19:11

ui o bernard nasceu q lindo *---*
nessie continua loba.. mas cuma? tudo beim qro maisssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.deciphermee.tumblr.com
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Ter 13 Mar 2012, 16:49

Eu quase chorei meu deus... Amo Amo Amo...

Adoro-te...

Continua por favor...

Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tânia
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 28
Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 19/12/2011
Localização : Vila do Conde (Portugal)

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qua 14 Mar 2012, 06:35

Oi menias!!!

Como vao?

Antes de mais nada bem-vinda a nossa nova amiga!

Vovo ADOREI esta nova cap. so quero ler mais...e cuitada da Leah, tenho muita pena por ter morrido...
mas pronto é a vida.

Beijocas Graaaaaaaaaandes

ADORO-VOS

PS: NAO DEMORES A ACTUALIZAR AS OUTARS HISTORIAS POR FAVOR
Voltar ao Topo Ir em baixo
Victoria Cullen Black
Na clareira com Edward e Bella
Na clareira com Edward e Bella


Idade : 20
Número de Mensagens : 63
Data de inscrição : 15/12/2011
Localização : Em La Push com Jake....

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qua 14 Mar 2012, 17:11

To muito triste por causa da leah ele nao pode ter morrido Crying or Very sad

ela era chata mas nao merecia morrer!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
saracullen
Sem Edward
Sem Edward


Idade : 23
Número de Mensagens : 208
Data de inscrição : 28/06/2011
Localização : coração de jocob em direção ao infinito

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Sex 16 Mar 2012, 19:01

vovo que saudades de todos os dias passar por aqui,
mas eu ja conseguir ficar atualizada aqui
e bom, tenho que concordar que quando li sobre a morte da leah, fiquei triste
não sei bem porque, talvez seja por causa que ela sauvou o caramelo e lindo lobinho junior
"" to chonadindinha por ele tambem....

quando a familia da ness eu to curiosa pra saber o que vai acontecer.....


bjjjssss.............
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Sab 17 Mar 2012, 09:34

Ai meninas vcs são umas fofinhas!!! Very Happy Obrigada Tânia Smile

Adoro-vos...

Espero que o pelo da Nessie seja castanho avermelhado como o do Jake!!!

Beijokas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eme_Sra.Black
No baile de Fork's High
No baile de Fork's High


Idade : 31
Número de Mensagens : 179
Data de inscrição : 19/09/2011
Localização : Olhando o mar do penhasco em La Push...

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Ter 20 Mar 2012, 15:47

Oi minhas lindaaaassss....tenho cap. novo para vcs!!!...Obaaaaaa!!!!!

Quero agradecer aos comentários carinhosos de vcs netinhas fofas e dizer que a fic realmente esta chegando ao fim...mimimi....
MAS...

Vamos ler o cap. novo????


________________________________________________________


Capítulo 31 – A Batalha - part. 1



POV narrador




Estavam todos na sala dos Cullens, a família humana, os aliados vampiros e parte dos lobos. Os visitantes vampiros, apesar de acharem um pouco perigoso, acharam também incrível à ajuda da alcateia na batalha, porém, sempre mantinham certa distância. Eram no total, apenas oito vampiros aliados, que toparam enfrentar os Volturis, uns por suas próprias convicções, outros por consideração a Jasper. Mas no fim, todos eles sabiam a dificuldade que seria, tentar convencer Aro e companhia de não machucar essa família. Intimamente a família Cullen sabia, que se não houvesse outro jeito, teriam que dizer a Aro que queriam virar vampiros e eles não estavam nenhum pouco à vontade com essa ideia, mas para poupar a vida de tantos, não teria outra alternativa.



Eleazar, Kate, Tânya e Carmen, esse era o clã Denali e tinha também os nômades Garrett, Benjamim, Tia e Zafrina. Eleazar percebeu assim que chegou que Edward e Bella teriam poderes incríveis se virassem vampiros, os mesmos responderam que não tinham interesse na imortalidade, já que sua filha era apenas uma humana e eles com certeza queriam ter uma vida normal com ela.



O clima de terror propagava pela casa, todas as pessoas permaneciam tensas á espera de alguma visão de Alice que indicasse que a guarda se aproximava, os vampiros aliados eram de certa forma poucos e Alice tinha certeza disso, mas ainda assim não entendia como poderia sua visão se concretizar, sendo que havia muito mais vampiros em sua visão do que ali naquela sala. O silêncio mórbido que se propagava, ajudava apenas para deixar a situação mais tensa. Edward e Bella, mais do que qualquer um, temiam pelo que poderia ter acontecido a sua filha e a Jacob, havia dois dias que o mesmo partira e até agora nenhuma notícia.



Finalmente, depois de muito tempo de espera tensa, agoniante e pesarosa, foi chegada a hora. Alice tem a visão dos Volturis chegando.



– Eles estão chegando!!! – Alice informa, assim que volta de seu transe.



– Sam, avise o resto da alcateia e nos encontre na clareira – Diz Jasper. Sam acena e sai, seguido por Seth, Jared e Quill que estavam com ele.



Todo esse tempo, os lobos se mantiveram calados e a muito custo, não fizeram nenhum tipo de comentário por estarem tão rodeados de vampiros, a alcateia contava com 16 lobos agora, depois da chegada de tantos vampiros nas redondezas, o surto de febre se espalhou. Sam estava muito preocupado pelo destino de seus amigos nessa batalha, assim como todos eles, mas além disso, estava muito preocupado com Jacob, Jake havia se enfiado no meio da cidade dos sanguessugas para salvar sua amada, era loucura demais, Sam sempre pensava, mas se tratando de impressão, tudo era possível.



Todos levantam apressados da sala e começam a correr na direção da clareira. Os humanos foram carregados, para que todos chegassem ao mesmo tempo.



– Família, mais uma vez quero lhes pedir perdão, por minha causa, estão em perigo e me sinto sem dúvidas, péssimo e indignado por tal situação, pretendo dar tudo de mim nessa batalha, se ela realmente vir a acontecer e infelizmente tudo leva a crer que irá, Aro vai querer saber se sabem sobre mim ou não, ou seja, assim que ele entrar por aquela clareira, ele irá ver vampiros e humanos juntos e no mesmo instante saberá que são “culpados”, não haverá trégua, a batalha é iminente, fico feliz, que mesmo a distância, Renesmee tenha contribuído de alguma forma, com o amor de Jacob, teremos a ajuda de tão valorosos lobos – Nesse momento, Sam retorna com toda a alcateia, formando 15 lobos no total, afinal, o alfa estava na Itália, em missão de salvamento, Jasper acenou que se aproximassem e continuou seu discurso – Como eu disse antes, graças a Renesmee e a Jacob, um grande homem, um grande alfa, nós temos a ajuda de tão valorosos guerreiros Quilleutes, que estão aqui, arriscando suas vidas, para salvarem esses humanos, muito obrigado mesmo, a todos os lobos e não menos importante, quero agradecer a todos os meus amigos, nômades e o clã de Denali que vieram nos ajudar, nessa terrível batalha, obrigada a todos vocês, Eleazar, Tânya, Kate, Carmen, Garret, Zafrina, Tia e Benjamim, graças a vocês, talvez conseguiremos defender essa família, será muito bem aceito seus maravilhosos poderes, muito obrigado a todos – Jasper finalizou seu discurso fazendo uma reverência, à família humana, aos lobos e aos outros vampiros.



– Obrigada a você Jasper, por me dar a oportunidade de arrebentar alguns Volturis, sempre quis fazer isso!!! – Disse Garrett rindo com satisfação.



– Concordo com Garrett Jasper, é um prazer poder defender essa família contra aquela corja do mal, estou louca para cegar alguns, irei fazer cada cena de horror, que eles nunca mais serão seres normais, minhas irmãs, terão orgulho de mim!!! – Zafrina riu também, quebrando um pouco o clima tenso que se propagava.



– Mas digo que será mesmo muito engraçado, assim que eu abrir um buraco no chão, você os cega Zafrina, eles vão cair igual a um bando de bananas podres – Benjamim riu alto, praticamente uma gargalhada.



– O Legal mesmo, será quando eu fritar os babacas de capuz que encostarem em mim – Kate disse sorrindo vitoriosa.



– Ahhh, disso eu não tenho dúvidas – Disse Garrett dando uma piscadela para Eleazar e em seguida fazendo cara de dor e massageando o braço como se estivesse sentindo dor.



– Ah, você mereceu – Kate riu e deu de ombros.



O clima ruim havia dado uma trégua nesse momento, as brincadeiras de tortura com os Volturis davam uma amenizada no clima tenso que se propagava, estavam todos lá, unidos, mas esse clima ameno mudou completamente, quando Alice puxou Jasper para si, olhando em seus olhos.



– Cinco minutos Jass, é chegado à hora – Alice praticamente sussurrou, mas suficientemente alto, para que todos os vampiros e lobos presentes mudassem suas expressões.



Nesse momento, não existiam mais rivalidades entre lobisomens e vampiros, vampiros e humanos, eram todos aliados, contra o mesmo mal que avançava. Ao longe, os ouvidos atentos dos imortais já puderam captar o se aproximar de muitos passos, eram muitos, não havia dúvidas. A família humana tremia, pensando qual poderia ser seu destino, e como seriam suas vidas daqui a alguns minutos, se estariam vivos ou mortos, ninguém sabia precisar.



Como numa dança perfeita, Zafrina se posicionou do lado esquerdo da família humana, Jasper e Alice, de mãos dadas, do lado direito, na frente deles, se posicionaram Benjamim e Garrett, ao lado de Zafrina, estavam Eleazar, Mary e Tânya, ao lado de Alice estava Kate. Os lobos com suas formas grandiosas se posicionaram em meia lua, metade do lado direito e metade do lado esquerdo da clareira, Seth tinha uma visão privilegiada ao lado de Kate e Alice e na direção em frente a sua estava Sam, seus rosnados baixos não deixaram de impressionar os vampiros aliados, todos percebendo a magnitude daquele momento.



Assim que sons se tornaram cada vez mais próximos, todos ficaram em posição de ataque e Jasper gentilmente pediu que tomassem posições normais, ele não queria que Aro se sentisse ameaçado logo de cara, todos concordaram e rapidamente, mudaram sua postura.



E finalmente um farfalhar tênue da mata, fez os humanos acelerarem seus corações e perceberem que se aproximavam, aqueles que seriam seus juízes. Em questão de segundos surgiu da floresta vários vultos encapuzados, com grandes mantas negras, andando suavemente como se flutuassem, com a proximidade do clã inimigo, ninguém conseguiu conter seus rosnados, mas foi quando os lobos soltaram seus rosnados poderosos, que finalmente os mantos negros pararam. Como se estivessem conectados, em extrema sincronia, baixaram seus capuzes, deixando à mostra, suas peles pálidas e seus olhos de um escarlate vivo.



Os chefes dos Volturis se encontravam no meio de seu grupo, rodeado pelos melhores guerreiros, mas aos poucos os que estavam a sua frente foram abrindo espaços e se encaminhando para as laterais. Logo os três comandantes, estavam à frente de seu exército, bem posicionados no meio, e seus melhores guerreiros ao lado deles. Aro olhava atencioso, intrigado e de certa forma assustado, quando viu a quantidade de lobos que se encontravam ali, pelas lembranças de Renesmee ele havia constatado não mais do que 10 e seus tamanhos, eram realmente assustadores. Mas o que mais lhe intrigou, foi perceber que ali, existiam vampiros dispostos a enfrentar sua corte, como se isso fosse possível, como meros 10 vampiros, 15 lobos e meia dúzia de humanos. Aro riu por dentro, afinal, era muita audácia desses vampiros, quando tudo isso acabasse, ele sem dúvidas iria atrás de um por um e acabaria com suas vidas inúteis. Inclusive aqueles lobisomens impertinentes.



Jasper fitou com cautela toda a formação dos Volturis a sua frente, respirou pesado, como se precisasse de ar. Ele entendeu, que seria o fim, de todas aquelas pessoas q se encontravam ali, humanos inocentes, sua família, sua mulher, seus amigos aliados, os lobos. Respirou fundo novamente e foi com muita cautela que finalmente conseguiu coragem para falar.



– Aro, é a mim que você quer, deixe minha família fora disso.



– Sua família? Você chama sua refeição de família? – Aro sorriu.



– Sim Aro, minha família, eles me acolheram, assim como minha mulher – Jasper falou, segurando ainda as mãos de Alice.



– Vejo que você a transformou – Aro olhava Alice nesse momento – Mas cometeu um erro gravíssimo ao deixar o restante de sua “família” como humanos, pois agora não tenho mais dúvidas que eles sabem tudo sobre nós, sabe de uma coisa, eu estava vindo apenas para averiguar, se eles fossem inocentes, viveriam, não esperava essa recepção grandiosa, como soube que eu viria? – Aro perguntou intrigado, essa dúvida pairava sobre sua cabeça, ele não entendia como eles poderiam ter previsto seus passos com tanta precisão.



– Não importa Aro, eles são inocentes, tiveram que aceitar meu relacionamento com Alice, eles não queriam vê-la sofrer, eu a amava, eles nunca contariam a ninguém sobre nós, eu já estou com eles a muito tempo como você já deve saber, assim como sabe também que eles nunca falaram absolutamente nada para ninguém – Jasper tentava a todo custo, manter uma conversa com Aro, mas os sentimentos que emanavam dele, Jasper podia sentir e nenhum, era de compaixão.



– Regras são regras querido, e estão aí para serem seguidas, se nós abrirmos exceção para você, vai virar bagunça, e devo admitir, que não tenho vontade alguma de fazer caridade para você, vampiro desertor. – Aro falou com desdém



– Aro, pensa bem, eu.. – Aro o interrompeu



– Chega!!! – Olhou para Alec e ordenou – Acabe com ele.



Era chegado o momento da decisão de Alec, durante anos ele cumpriu todas as ordens de seu mestre, sem pestanejar, acreditava que essa lei era correta, mas depois que se apaixonou por uma humana, teve que rever seus conceitos, era difícil imaginar qual seriam as reações se ele decidisse não acatar as ordens de Aro. Alec olhou para sua irmã, que estava aflita pela demora de Alec, todos acharam estranho e o olhavam curiosos, inclusive Aro, que finalmente falou:



– Alec, faça o que eu mandei!!! – Aro ordenou, perdendo a paciência por completo.



Do outro lado da lareira, os humanos se encolheram em expectativa do que estava por vir, os vampiros que os rodeavam ficaram em posição de ataque, assim como os lobos, que rosnavam cada vez mais alto, na expectativa da batalha iminente, esperando apenas o comando de Jasper, como o combinado. Suas patas enormes raspavam no solo da clareira, arredios, esperando o ataque.



Mas uma vez Alec hesitou, ele amava aquela fortaleza dos Volturis, que chamara de lar por toda sua vida, tinha sua irmã, tinha sua reputação, tinham as consequências...Mas existia uma promessa, feita para uma mulher grávida, aflita, que ele deixou chorando, com medo da morte de sua família.



Alec começou a andar em direção ao clã inimigo e por fim disse:



– Desculpe Aro, mas essa família, você não vai machucar – Alec disse calmamente, deixando todos perplexos por sua atitude.



– ALEC!!! VOLTA AQUI AGORA!!! – Jane gritou



Alec apenas continuou andando, sua decisão fora tomada, ele andava calmamente em direção a Jasper, o mesmo levantou a mão, impedindo os lobos de voarem em seu pescoço e quando os dois se encontraram frente a frente, Jasper o encarou incrédulo.



– O que significa tudo isso? – Jasper perguntou, sem entender absolutamente nada.



– O que você faria por alguém que ama? – Alec perguntou olhando nos olhos dourados de Jasper



Jasper olhou para Alice, que mantinha um pequeno sorriso.



– Qualquer coisa – Respondeu



– Eu amo Renesmee, destruo minha eternidade por ela – Alec respondeu sério, se posicionando em seguida na frente da família, ao lado de Garrett e Benjamim, que olhavam perplexos a aproximação de Alec, entre eles.



Alice apertou de leve na mão de Jasper, chamando sua atenção e sussurrou em seu ouvido de forma que nem mesmo um vampiro conseguisse escutar.



– Não se preocupe amor, ele estava na minha visão desde o início – Ela sorriu, Jasper apenas assentiu.

Aro olhava a toda cena abismado, não conseguia entender o porquê dessa decisão absurda de Alec. Jane se desesperou quando viu que seu irmão se posicionou do lado inimigo e teve que refrear os impulsos de correr atrás dele, era sua única família. Aro olhou novamente com revolta e foi com as veias sobressaltadas que levantou sua voz novamente.



– Espero que não pense em pedir clemência se sobreviver, já aviso, não tolero desertores, você bem sabe Alec, deixe de idiotice adolescente, você está agindo como um imaturo, por causa de uma garota, que está grávida de outro, você é uma piada ambulante Alec – Aro riu sem humor algum e olhou em direção a Jane, se pudesse chorar, com certeza estaria aos prantos.



– E quanto a você minha cara Jane, é fiel a mim? – Aro perguntou-lhe serenamente, porém olhando de forma severa em seus olhos carmim.



– S-sim mestre, sempre fui – Jane respondeu ainda com voz trêmula.



– Prove!!! – Aro sorriu malévolo – Machuque Alec, quero que ele sinta um pouco de dor.



Jane olhou desesperada para o irmão e depois de volta para seu mestre. Alec estava sério, porém calmo, sua irmã não sabia o que fazer e pela primeira vez sentiu-se fraca e inútil.



– Não posso mestre, é meu irmão, não poderei lhe fazer mal, eu o amo – Jane disse de cabeça baixa, fitando o chão.



Quando Aro estava prestes a esbravejar e jogar toda sua fúria em cima de Jane, um cheiro estranho invade o nariz de todos os imortais ali presentes, ninguém estava entendendo absolutamente nada, havia barulho de corações batendo, mas não cheiravam como humanos. Todos ali presentes se entreolharam, procurando uma resposta, enquanto os cheiros estranhos se aproximavam. Aro ficou apreensivo, ele sentiu cheiros parecidos a esses, mas apenas em mutantes, como poderia estar sentindo tantos cheiros de mutantes aqui?



Todas as perguntas foram sanadas quando entra na clareira um vampiro pouco conhecido para o resto dos Volturis, porém, o melhor amigo de Alec. Alec abre um sorriso enorme quando vê Luar se aproximar e com ele trazendo mais quinze integrantes, dentre eles quatro mutantes sendo os outros onze, vampiros, aliados de Luar.



– Que grande prazer revê-lo, mas você está atrasado – Alec fala alto, dando as boas vindas aos forasteiros.



– Demorei para a festa, mas cheguei – Luar sorriu de volta



– O que significa isso vampiro idiota? Mutantes? – Aro perguntou completamente revoltado com a audácia de Luar.



– Sim, senhor, não sei se não percebeu ainda, mas eles não servem a você nem ao nosso mundo, eles não são apenas humanos, mas também não são vampiros, nem lobisomens – Luar dá uma olhada ao redor, completamente encantado por ver uma alcateia de lobisomens inteira juntos – São mutantes e muito poderosos senhor Volturi – Luar deu uma risada debochada e se acomodou ao lado de Alec, Benjamim e Garrett que já estava rindo com a chegada de novos integrantes tão inexperados.



Os novos integrantes foram se posicionando ao lado dos que já estavam ali e pela primeira vez, Jasper sentiu uma pequena pontada de esperanças, se surpreendeu muito, assim como todos, com a chegada dessas pessoas, mas se eles forem realmente poderosos como disse o forasteiro, existia uma chance para eles, enfim, será que vinte e três vampiros, mais quinze lobos seriam capazes de brigar com igualdade contra quase cem vampiros da guarda Volturi? Uma missão praticamente impossível, mas ainda assim, mesmo sem que Jasper quisesse, surgiu uma chama em seu peito e de repente, ele não se sentia mais tão derrotado.



Os lobos estavam apreensivos com mais vampiros chegando, o cheiro deles, misturado à adrenalina do momento, os deixavam enlouquecidos para a batalha, Sam estava nervoso, assim como seus companheiros, mas por meio de seus pensamentos, ele tentava acalmar o bando, Seth ficou extremamente aflito quando chegaram os forasteiros, ele não entendia o porquê, mas seu coração batia acelerado, de ansiedade. Mas foi quando o grupo todo já estava posicionado em seus novos lugares e ele pôde finalmente visualizar a todos, que ele percebeu uma presença, existia ali no meio, uma mutante, loira, exuberante, extremamente linda, seus olhos azuis, claros como o oceano, que quando pousaram em seus olhos de lobo, nada mais nesse mundo fazia sentido, nada mais importava, ele se sentiu atraído, como uma força magnética e antes que pudesse perceber, suas patas andaram e foram em direção à loira, ela o olhava intrigada, sentiu uma atração por aquele lobo imenso, que não conseguia entender, pelo teor da conversa de Luar, ela pôde perceber que se tratava de lobisomens, mas ainda assim, isso não explicava o fato dela achar tão intrigante aquele lobo em particular.



Seth sem nem ao menos parar para ouvir a voz de Sam em sua cabeça, foi andando em direção à loira, finalmente chegou bem perto, encarando seus olhos azuis de cima, ela o olhava intrigada, sentiu seu coração dar uma pulsada num tom acima e sem entender exatamente o porquê, balbuciou:



– Olá



Seth apenas assentiu com sua cabeça enorme de lobo, sentindo seu coração descompassado e se posicionou de volta ao ataque, ao lado dela, ele a defenderia com sua vida, depois de achar que nunca aconteceria com ele, finalmente, ele achou sua impressão.

Alice segurava aflita a mão de Jasper, o grupo inimigo estava bufando de raiva pela chegada dos novos integrantes, ela percebeu o sol de fim de tarde brilhando no horizonte, olhou para o lado, viu sua família abraçada e encolhida, com vampiros em volta, com pessoas estranhas que ela nunca havia visto, com os lobos em meia lua, olhou para Jasper e baixou seus olhos para sua mão entrelaçada a dele, que brilhava á luz do sol, assim como todos os vampiros ali presentes, agora sim, sua visão estava completa.



.CONTINUA...


__________________________________________

E aíiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!
gostaram muito?????
Mtas coisas aconteceram hein????
Nuusss....
até imprinting rolou....
Alec largou os Volturis....
Jane fraquejou????
Jasper um fofo....
Os lobos arrasando
e Luar é uma comédia neah????
enfim.... Sei que vocês são umas lindas e vão comentar bastante p/ me deixar bem feliz!!!
Saraaaa....estava aflita com saudade de vc!!!! Espero que tenha voltado para ficar de verdade!!!
bjos e maaaaaaais bjos
da vovó que vos ama...
Eme
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cenografia3d.blogspot.com
Tânia
Conhecendo Edward
Conhecendo Edward


Idade : 28
Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 19/12/2011
Localização : Vila do Conde (Portugal)

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qua 21 Mar 2012, 12:55

Ola meus amores!!!!

Vovo Adorei este capitulo....ja estou ansiosa por mais....

Nao tens apostado mais no nyah!!!estou a tua espera la!!!!

Beijocas Graaaaaandes

ADORO-VOS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Yasmim L
Conhecendo a história de Jasper
Conhecendo a história de Jasper


Idade : 21
Número de Mensagens : 371
Data de inscrição : 19/04/2010
Localização : Brincando com a "comida" nos becos de Volterra com Alec e Demetri... 666'

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Qui 22 Mar 2012, 15:49

Desculpe Aro, mas essa família, você não vai machucar oin meu alec lindo...
poxa eme isso é hora de parar?? sacanagem néah
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.deciphermee.tumblr.com
Ticha(Team Jake Forever)
Chegando a Forks
Chegando a Forks


Idade : 19
Número de Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/03/2012
Localização : Meu quarto lolllll

MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Sab 24 Mar 2012, 06:37

Ai que lindo Vovó...
Estou ansiosa para o proximo cap.

Bjkas para todas Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia   Hoje à(s) 02:39

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
FANFIC - Jacob e Nessie - Sol do Meio Dia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 11 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12, 13  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Fanfic - De Deus A Semideus
» [Fanfic] - O Traidor
» Inscrições pra minha fan fic
» O Meio-Sangue Filho de dois deuses
» A vida de um meio sangue.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Doce Vampiro :: FORKS NEWS :: FanFics-
Ir para: